terça-feira, 20 de novembro de 2012

É A DÍVIDA ESTÚPIDO!



Análise ao Orçamento Regional 2013

Uma primeira análise ao Orçamento Regional do Governo do PSD-Madeira, apresentado ontem, demonstra a irresponsabilidade governativa Social-democrata na Madeira. Quem olha para a despesa percebe hoje que a maior fatia do Orçamento não vai para a Saúde ou Educação, vai para pagamento dos encargos financeiros com a DÍVIDA. Aliás é de referir que há um aumento de encargos com a dívida que passa de 8,7% em 2012 para 22,30% em 2013, é a maior subida de sempre com o serviço da dívida. Percebe-se ainda, que a Madeira não têm uma lógica de apoio social às famílias, aplica as verbas da Segurança Social, sem qualquer acréscimo de verbas dos cofres da região, mas também as Funções económicas que em 2012 tinha 22% passa agora para 17,1% em 2013, demonstrando que não há aposta na manutenção e criação de postos de trabalho. Daqui se conclui:

Que a dívida vai comer verbas a todas as outras rubricas do Orçamento;
Em cada 100 euros de impostos 22,30 euros é para pagar dívida;
Não há um incremento nos apoios Sociais:
Não há uma aposta na Economia e no Emprego;
Não há medidas contra cíclicas para a economia;
Há um brutal Aumento de Impostos etc.

Este caminho proposto pelo PSD-Madeira para 2013 irá levar a mais falências, mais desemprego, mais emigração, mais pobreza e um ataque fiscal sem precedentes à classe média. Austeridade e empobrecimento é a palavra de ordem do PSD. A Madeira precisa de um outro Governo, precisa com urgência de uma MUDANÇA de Políticas económicas e sociais.

Sem comentários: