segunda-feira, 16 de abril de 2012

Mentir junto dos Altares I I

Estas afirmações peregrinas - "dentro de poucas semanas" vão chegar milhões à Região. Além de servir para pagar 'calotes', é o momento para "abrir concursos para novas obras"- são de um louco que não sabe o que diz. O Secretário Ventura Garcês afirmou que dos 1000 Milhões de Euros do empréstimo 500 ME iam directamente para a Banca, 306 ME para pagar a fornecedores e os restantes 194 ME eram para despesas correntes por conta do défice. Onde é que Jardim vai buscar dinheiro para "abrir concursos para novas obras"????

Mentir junto dos Altares I

Mentira de Alberto João Jardim à Porta das Igrejas - "se não tivessemos feito dívida estariamos a pagar a dívida do pais e não a nossa". É uma autentica mentira. Todos as nossas receitas fiscais ficam cá nos cofres do Governo do PSD-M, não vai um tostão para Lisboa. De Lisboa e da UE ainda vem dinheiro para a Madeira. Se não tivessemos feito dívidas a Madeira não estava n...a actual situação de falência. Quem traiu a Madeira foi o PSD-M que escondeu a dívida, mentiu aos Madeirenses, afirmou que as Sociedades de Desenvolvimento não custariam um tostão aos bolsos dos Madeirenses, afirmou que as obras que estavam a fazer eram a fundo perdido com dinheiros da União Europeia e agora mandam-nos paga-la.

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Mensagem a Albuquerque.

http://www.agenciafinanceira.iol.pt/politica/jardim-madeira-aviso-regiao-tvi24-alberto-joao-jardim/1339891-4072.html

«A política é uma coisa muito profissional para ser levada a sério, não pode ser
pretexto de leviandades nem arranjar empregos para quem tem medo de ficar
desempregado político».