sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

A MADEIRA ESTÁ PARADA!

QUANDO HÁ PROBLEMAS OS NOSSOS GOVERNANTES ANDAM DESAPARECIDOS DO MAPA REGIONAL....
AUMENTO DO DESEMPREGO!
BAIXA DO PODER DE COMPRA!
AUMENTO DO ABISMO FINANCEIRO ENTRE OS MAIS POBRES E OS MAIS RICOS!
MAIS TOXICODEPENDÊNCIA!
MAIS EXCLUSÃO SOCIAL!
ETC...

DURANTE 2007

QUANTOS DIAS TEVE O PRESIDENTE AUSENTE DA MADEIRA EM FÉRIAS E EM VISITAS "OFICIAIS"?

ONDE PÁRA JARDIM?

O PRESIDENTE CÁ DO "SÍTIO" ANDA DESPARECIDO!
JARDIM NÃO GOVERNA NEM DEIXA NINGUEM GOVERNAR.
OS PROBLEMAS NÃO SE RESOLVEM POR SI SÓS, ESTÁ NA ALTURA DE COMEÇAR A TRABALHAR!

de volta

Depois de uns dias ausente, por ocupações várias, estou de volta...

sábado, 23 de fevereiro de 2008

ESTRATÉGIA DE VIRAR O BICO AO PREGO III

HÁ POR AÍ ALGUNS QUE AFIRMAM QUE É NECESSÁRIO ACABAR COM O CLIMA DE SUSPEIÇÃO.
MAS NÃO ESTÃO EMPENHADOS EM ACABAR COM A CORRUPÇÃO!
ACABE-SE COM A SUSPEIÇÃO, MAS NÃO SE ACABE COM A CORRUPÇÃO - ESTA É A NOVA MÁXIMA DO PSD.

ESTRATÉGIA DE VIRAR O BICO AO PREGO II

NÃO VALE A PENA VIR COM AMEÇAS DE PROCESSOS EM TRIBUNAL CONTRA QUEM LEVANTOU A QUESTÃO DA CORRUPÇÃO.

ESTRATÉGIA DE VIRAR O BICO AO PREGO I

VEIO O PRESIDENTE DO PSD-MADEIRA COMENTAR AS DECLARAÇÕES DE CAVACO SILVA EM RELAÇÃO À CORRUPÇÃO.... DIZ ELE QUE TAMBÉM QUER ESTE ASSUNTO ESCLARECIDO. MUITO BEM! COMEÇE POR RECORRER DA DECISÃO DO PROCURADOR QUE ARQUIVOU PARTE DO PROCESSO DA CÂMARA MUNICIPAL DO FUNCHAL, COM A DESCULPA DE QUE NÃO EXISTIU CONTRADITÓRIO.... O HOMEM SE QUER TUDO "EM PRATOS LIMPOS" RECORRA DA DECISÃO DO MP ... OU ENTÃO NÃO TEM MORAL PARA FALAR DO ASSUNTO!

DISCURSO DO PRESIDENTE DO PS-MADEIRA


Discurso João Carlos Gouveia na Assembleia
Os madeirenses não são um povo superior, nem, muito menos, medíocres, como alguém, com superiores responsabilidades na Região, quis fazer crer numa entrevista televisiva.Os madeirenses são portugueses que vivem em duas ilhas, no meio do Oceano Atlântico, entre a terra exígua e a imensidade do mar, em relação aos quais, por tais circunstâncias adversas, podemos referir uma singularidade extrema, enquanto identidade sociológica.

Nas palavras de Miguel Torga, os madeirenses são ímpares. Segundo ele, há uma forma telúrica de os madeirenses viverem as suas próprias vidas, confrontados que estão permanentemente com o abismo que se faz entre as serras e o mar.Se somos, desde sempre, marcados indelevelmente pelo oceano, é da terra abrupta que a seiva madrasta escorre, durante séculos e séculos da nossa existência, num acto simultâneo de desbravamento da ilha e da sementeira da injustiça.E se temos uma paisagem natural belíssima, há uma outra, que foi crescendo com os homens, terrivelmente negra, sob a roda do tempo da História, expressa na fome, na pobreza, na ignorância e na servidão.

Arroteámos a terra, é verdade, para sobrevivermos, mas arroteámos também a terra para robustecermos o chicote dos poderosos.Esta é a nossa herança, a canga do nosso calvário para sermos homens e mulheres de corpo inteiro perante o abismo, não daquele que fala Miguel Torga, mas o abismo do “apartheid” social, que ganhou raízes desde os primórdios do povoamento.Por mais que as nossas elites do passado longínquo estivessem abertas à inovação tecnológica, ao comércio internacional e à intercomunicação cultural com os outros povos, o peso anacrónico da organização social e económica vinculada aos princípios feudais conduziu-mos à submissão, à miséria e ao subdesenvolvimento.

Sempre uns poucos madeirenses escravizaram muitos madeirenses; sempre as instituições políticas locais estiveram ao serviço das minorias privilegiadas e cruéis; sempre uns poucos espoliaram e enganaram a grande maioria dos madeirenses; sempre os grupos económico-sociais exteriores, particularmente estrangeiros, dominaram as actividades mais rentáveis das duas ilhas.Esta é a nossa História. Uma História que versa sobre a riqueza de uns quantos, gerada pelo suor de muitos; uma História que versa sobre a servidão de quase todos, perante os caprichos inconfessáveis dos senhores de ocasião.

Fizeram a diferença aqueles que sempre fugiram às amarras dos pequenos déspotas e que, no regresso, impuseram a sua condição de homens livres, perante os que sempre os espezinharam e os dominaram pela rédea curta da ignorância.

Sempre houve madeirenses que enganaram outros madeirenses; madeirenses que roubaram o pão a outros madeirenses. E sempre os que mais exploraram foram os que mais semearam a mentira e a ignorância. Só pela mentira e pela ignorância é que os parcos recursos de muitos poderiam ser distribuídos por tão poucos.

A nossa expressão popular “abrir os olhos” tem laivos de uma heroicidade rasteira, na complexidade da interacção social. Tanto assim que, para os poderosos das duas ilhas, mentir aos madeirenses sempre foi uma estratégia de poder.Sempre foi assim na Madeira Feudal, na Madeira Mercantil, na Madeira Velha e na actual Madeira Nova: mentir, mentir, para melhor poder enganar; mentir, mentir, para melhor poder sugar os recursos de todos aqueles que vivem em duas ilhas, entre a terra exígua e a imensidade do mar, configurando-lhes, claro está, uma singularidade extrema, como referi anteriormente, perante a escassez dos recursos naturais e pela inqualificável estratificação social.

Numa terra tão pequena e de parcos recursos, com uma população tão numerosa, somos levados a nos questionar como é que, ao longo da História da Madeira, sempre um pequeno grupo social pôde chamar a si toda a riqueza gerada, perpetuando o domínio e a submissão de toda uma sociedade, sem que o poder centralizador do Estado em nada remediasse a desordem regional instalada, cerceasse as dinâmicas económicas regionais abjectas e travasse a implantação dos monopólios de umas quantas famílias estrangeiras.

Esta é a matriz histórica das gentes destas duas ilhas que constituem o Arquipélago da Madeira, por parte daqueles que, em cada momento histórico, dominaram e dominam os madeirenses: mentir e sugar. Mentir para melhor sugar; sugar para melhor mentir. Assim se perpetuaram o domínio e o poder de uns poucos sobre muitos.Sempre o poder central foi indiferente a esta singularidade extrema de que vos falei. E quando os ventos do 25 Abril aqui aportaram, dias depois, devolvendo a esperança a todos e a cada um dos madeirenses, logo os poderosos das ilhas encontraram tranquilamente o seu corifeu, talhado à sua medida, sob o melhor traje salazarento.Com um requinte de malvadez de fino porte, usurparam, num primeiro momento, uma visão iluminista de forma de governo para estas duas ilhas da tradição liberal de esquerda, a Autonomia, como contraponto aos ideais libertadores do 25 de Abril, para depois, num segundo momento, normalizada a ruptura histórica do país e instaurada a nova arquitectura jurídica-constitucional, onde estão consignados os princípios autonómicos, voltarem de novo a usurpar o modelo de democracia representativa, parlamentar e pluripartidária, fazendo, na prática, do regime autonómico actual um regime de partido único.O ódio ao 25 de Abril foi (e é) tão grande que encetaram uma deriva nacionalista, de que hoje os madeirenses são as primeiras vítimas. Como poderiam os poderosos destas duas ilhas conviver com a Liberdade, a Democracia e a Justiça Social?O suposto desenvolvimento económico e social destes últimos trinta anos seguiu o mesmo princípio: numa terra tão pequena e de parcos recursos, com uma população tão numerosa, um pequeno grupo social pode chamar a si toda a riqueza gerada, perpetuando o domínio e a submissão de toda a sociedade.Tanto assim é que o nacionalismo madeirense dos novos senhores da Madeira e do Porto Santo obedece ao mesmo princípio de mentir para melhor sugar e de sugar para melhor mentir, para que se perpetue o domínio e o poder de uns poucos sobre muitos.Por isso mesmo, o embuste monumental de transformar o PSD-Madeira num movimento nacionalista, confundindo propositadamente centralismo com colonialismo, conduziu-nos a esta grave crise financeira, com consequências devastadoras em termos sociais e económicos. Se este embuste colossal constitui a trave mestra de toda a orientação estratégica do poder político regional destes últimos trinta anos, os novos senhores das ilhas repetem o que os velhos senhores sempre fizeram: mentir para melhor sugar e sugar para melhor mentir, para que se perpetue o domínio e o poder de uns poucos sobre muitos.A convocação, na prática, de eleições há precisamente um ano, constituindo um colossal logro, enquadra-se nos princípios formulados. E a prova é que o actual governo regional não governa. O Senhor Presidente do Governo Regional não governa, porque sempre os poderosos destas duas ilhas governaram para os mais privilegiados entre os madeirenses, mas agora, com o agravante, de ter de governar para uma minoria sedenta de poder e de dinheiro fácil. Tudo isto sob o lastro do ideal nacionalista de vocação totalitária.Se não governa para a maioria dos madeirenses não é porque não saiba, é porque não quer. Porque se quisesse, teria posto a sua inteligência e o seu saber ao serviço de todos. Não o fez, dando a ideia até de que só sabe fazer uma coisa na vida: ganhar eleições, o que não lhe será difícil, tendo em conta a génese e a consolidação do regime autonómico.Se quisesse governar para todos os madeirenses, o resultado da sua governação teria sido outro. E não se pode queixar de ninguém. Teve tudo nas suas mãos, como os antigos senhores feudais: poder arbitrário, abundância de dinheiro e submissão total.Faltou-lhe acreditar nos madeirenses, na sua capacidade de trabalho, na sua inteligência e na sua força transformadora. Por isso, podemos afirmar categoricamente que, no que respeita ao exercício poder, o actual presidente do Governo Regional não trouxe nada de novo aos madeirenses. A não ser um conjunto muitíssimo significativo de infra-estruturas e obras públicas que os autocratas e os ditadores sanguinários de todo o mundo costumam apresentar como seu legado histórico.Só isto e nada mais. E o que é mais grave é que os desafios de hoje e os desafios do futuro, para os madeirenses, são muito mais difíceis de realizar do que aqueles que foram colocados à governação regional, em Março de 1978. Um tempo de governação próximo dos recordes de Salazar e de Fidel Castro.O Senhor Presidente do Governo Regional não tem condições políticas nem vontade pessoal para enfrentar os desafios do futuro dos madeirenses, porque não está ser capaz de resolver os problemas criados por si próprio, de que ele é o único responsável.Está atolado, num beco sem saída. O que é isso de trabalhadores do conhecimento e de novas tecnologias? O que é isso de Estratégia de Lisboa? O que é isso dos madeirenses terem altas qualificações? O que é isso de haver empresas competitivas na Região? O que é isso de mérito? O que é isso de responsabilidade individual? O que é isso de trabalhar para atingir determinados objectivos? O que é isso de criar e distribuir riqueza?Diz o bom senso que se governar tivesse o mesmo significado que trabalhar, e não fosse um mero expediente de perpetuação do exercício do poder, governar para todos os madeirenses seria tão cansativo que ninguém suportaria trinta anos de trabalho árduo.Aqui está o busilis da questão: a cegueira em relação ao ideal nacionalista madeirense de vocação totalitária é imperdoável e foi germinada no combate violento contra aqueles que professavam os ideais de Liberdade, Democracia e Justiça Social. Mas que dizer do fechar os olhos ao tipo de economia gerada pela Administração Pública Regional e Local, numa atitude consciente de quem sabe o que está a fazer? Um ideal é um ideal, mas o que aconteceu sob a capa da sua governação, por aquilo que não quis ver, ou permitiu ou consentiu, é muito grave, como é grave que o Senhor Presidente do Governo Regional da Região Autónoma da Madeira fique impune perante todos: perante os eleitores, perante os madeirenses e perante a Justiça do nosso país.Da nossa parte, da parte do PS-Madeira, não vamos baixar os braços. Com a nossa determinação e o nosso trabalho hercúleo, saberemos merecer a confiança dos madeirenses para que possamos mudar o Porto Santo e a Madeira, duas ilhas bem portuguesas plantadas no Oceano Atlântico.

Assembleia Legislativa da Madeira, 20 de Fevereiro de 2008 João Carlos Gouveia

2009 - A LÓGICA DO CONFLITO!

A PARTIR DE MEADOS DESTE ANO AS RELAÇÕES INTITUCIONAIS ENTRE GOVERNO DO PSD E GOVERNO PS VÃO AZEDAR.
A ESTRATÉGIA DO PSD-M É AZEDAR AS RELAÇÕES POLÍTICAS COM O PS NA REPÚBLICA NUMA ESTRATÉGIA ELEITORAL PARA AS ELEIÇÕES DO PRÓXIMO ANO.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

JOVENS MADEIRENSES LICENCIADOS ...

No ano transacto entraram para as universidades mais de 1000 jovens madeirenses, é de pressupor que igual número por ano entra no mercado de trabalho, após conclusão da sua formação ...
Quantos é que regressam à madeira e quantos é que conseguem trabalho na região?

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

VOTO DE CONGRATULAÇÃO PELA INDEPENDÊNCIA DO KOSOVO ... EM RELAÇÃO A TIMOR ERA OUTRA HISTÓRIA


ABORTO NA MADEIRA


SEM COMENTÁRIOS

É SEMPRE BOM RECORDAR...

“É preciso acreditar que ainda não vivemos numa Cleptocracia(Governo de Ladrões). O que é preciso dizer é que esta gente, os tais corruptos e ladrões, não são militantes ou pertencem ideologicamente a qualquer partido, pois, na verdade, a única política que advogam é a de encher o bolso e a de tratar dos seus interesses e ambições pessoais. Usam os partidos e o poder que os partidos lhes conferem para fazer tudo aquilo que repudiamos e não queremos. Enriquecem por meios pouco claros, usam o nome de pessoas, abusam do poder, lançam boatos, põem em causa a honra das pessoas, ameaçam e exploram para que ninguém lhes faça frente”. Deputada do PSD-Madeira na Assembleia Regional, Dra. Sara André, em artigo de opinião ao Diário pago.

QUANDO?

É QUE ALBERTO JOÃO JOÃO JARDIM DEIXA A PROPAGANDA E COMEÇA A GOVERNAR ?

IMPERTINÊNCIAS I

LIGAÇÕES PRIGOSAS

COMO É QUE SE JUSTIFICA QUE O LÍDER DA BANCADA DO PSD-M, JAIME RAMOS, NA ASSEMBLEIA REGIONAL SEJA O PRESIDENTE DA ASSICOM?
SÃO OS INTERESSES DOS CONSTRUTORES A MANDAR NO GOVERNO?

HAVERÁ OU TALVEZ NÃO

ALGUM SÓCIO DA SOMAGUE NA MADEIRA?

MUDANÇA DE SÍMBOLO DO PSD TAMBÉM FOI PAGA PELA SOMAGUE

ANTESDEPOIS

O NOVO QREN-M ....

TEM RIOS DE DINHEIRO DA EUROPA PARA O SECTOR DA AGRICULTURA, SERÁ QUE MAIS UMA VEZ TEREMOS UMA OPORTUNIDADE PERDIDA?
O DINHEIRO NÃO PODE SERVIR PARA "PISCINAS DE REGA" E JEEP`S DE ALTA CILINDRADA....

DEPOIS DO DEBATE ...

NA ASSEMBLEIA SOBRE O MUNDO RURAL, QUANDO É QUE O SECRETÁRIO DOS RECURSOS NATURAIS COMEÇA A GOVERNAR?
NÃO BASTA TRANSFORMAR A SECRETARIA NUMA AGÊNCIA DE COMUNICAÇÃO E PROPAGANDA, GOVERNAR É PRECISO!

ALBUQUERQUE EM MAUS LENÇOIS ...

A NOTÍCIA HOJE PÚBLICA DO CASO "NEGOCIATAS" É A PONTA DO ICEBERG DO QUE SE PASSA NOS CORREDORES DAQUELA AUTARQUIA?

DESASTRE DOS SOCORRIDOS ...

QUANDO SERÃO CONHECIDOS OS RESULTADOS DO INQUÉRITO JUDICIAL AO DESASTRE DOS SOCORRIDOS?
HAVERÁ RESPONSAVEIS OU A AUTORIZAÇÃO ILEGAL DADA PELO PRESIDENTE DA C. M. F., MIGUEL ALBUQUERQUE, É CULPA DO TEMPO?

Criação da Rede de Centros de incubação de Empresas da RAM - RCI

PROPOSTA APRESENTADA À COMUNICAÇÃO SOCIAL
(SÍNTESE)
OBJECTIVOS: Facilitar e dinamizar o empreendedorismo; potenciar a fertilização cruzada entre entidades responsáveis pelo desenvolvimento local (autarquias, associações, escolas, universidade,…); criar riqueza e emprego; facilitar o sucesso, a montante, das iniciativas de promoção de empreendedorismo; dar corpo a uma necessidade de reorganização e utilização de infraestruturas públicas devolutas, numa orientação adequada.
a) Reestruturação e reorganização da política de empreendedorismo na RAM, de forma a aumentar a sua acção e passar a ter uma implementação regional;

b) Estudo prévio para a definição de:
a. localização das estruturas e condições mínimas ao funcionamento, quer no quadro físico, quer organizativo.
b. Identificação das entidades participantes (regionais e locais)
c. Plano estratégico, e de actividades, de forma a identificar o formato da rede (genérica, sectorial ou mista), a garantir um alargado plano de sensibilização da importância do empreendedorismo (desde os níveis de ensino mais baixos), e definir formato de envolvimento indispensável das associações empresariais e das autarquias.
d. Meios financeiros a utilizar quer na dinamização institucional quer no apoio aos projectos

c) Aproveitamento de infra-estruturas devolutas existentes, património do Governo Regional, das Sociedades de Desenvolvimento, Institutos públicos e instalações disponibilizadas pelas autarquias, para a instalação de Centros de Incubação de Empresas;

d) Criação de condições adequadas para que a capital semente – a Madeira Capital - uma entidade com fundos públicos da RAM, redefina a sua forma de actuação e actue de acordo com os objectivos das políticas públicas que esta proposta pressupõe: dinamização do empreendedorismo e apoio incondicional a projectos regionais. Num outro plano, facilitação, das novas empresas a criar, à garantia mútua de modo a permitir a dinamização do investimento.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

NÃO ACORDEM O GATO ...


O GOVERNO LARANJA ENCERROU O NÚCLEO ESTRATÉGICO PARA A SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO.....

A ESTA VELOCIDADE .... VAMOS CHEGAR À ECONOMIA DO CONHECIMENTO


O INEXISTENTE PLANO DA MADEIRA PARA A SOCIEDADE DO CONHECIMENTO

APOSTA DO GOVERNO LARANJA .... NAS NOVAS TECNOLOGIA...


Governo aumenta vagas dos programas Inov Jovem e Inov Contacto

Sócrates mostrou-se ainda satisfeito com últimos dados do INE sobre o desempenho da economia, que apontam para um crescimento de dois por cento no quarto trimestre
O Governo vai reforçar o número vagas e os investimentos nos programas de estágios profissionais para jovens e criar um novo programa para gestores especializados até aos 35 anos, anunciou esta segunda-feira o primeiro-ministro, José Sócrates.
No dia em que o PS assinalou três anos de maioria absoluta, o chefe do Governo levou ao Pavilhão de Portugal, no Parque das Nações, o anúncio de novos objectivos para os programas Inov Jovem, para estágios em Portugal, e Inov Contacto, destinado à realização de estágios no estrangeiro. São em número de três mil os jovens que o Governo quer abranger, este ano, no Inov Jovem. Para o Inov Contacto está previsto um aumento de 350 vagas. O Executivo tenciona, ainda, instituir um novo programa denominado Vasco da Gama, que abrirá 50 vagas para gestores especializados. Uma medida anunciada pelo ministro da Economia, Manuel Pinho, no arranque da cerimónia do Parque das Nações. A criação dos programas Inov Jovem e Inov Contacto ficou decidida no primeiro Conselho de Ministros presidido por José Sócrates, em Março de 2005. O primeiro-ministro considera “um sucesso” a primeira medida legislativa tomada pelo Governo socialista. “Nós escolhemos este programa para assinalar os três anos de governação porque, de certa forma, diz tudo sobre o que queremos para o nosso país”, afirmou o primeiro-ministro em directo para o Jornal da Tarde, aludindo ao Inov Jovem. “Este programa destina-se a colocar nas pequenas e médias empresas jovens licenciados em gestão ou tecnologia por forma a aumentar as qualificações das empresas, mas destina-se também a dar oportunidades aos jovens”, salientou José Sócrates. “E o dever do Estado é esse: não é tratar da vida a ninguém, é dar mais oportunidades às pessoas e em particular aos jovens, para que possam realizar o seu potencial”. Questionado sobre a realidade do desemprego entre os jovens licenciados, o primeiro-ministro preferiu salientar o que disse ser o esforço do Governo para “dar mais oportunidades”. “Hoje decidimos quase duplicar o número de ofertas para estes programas, que correram bem. Nós demos oportunidades a mais quatro mil jovens que não existiam no passado”, disse Sócrates, sem deixar de reconhecer que “há muita gente a enfrentar dificuldades”. “Estamos a fazer tudo para dar mais oportunidades, apostando em duas áreas: em primeiro lugar no crescimento da nossa economia, porque isso é fundamental para responder aos problemas de emprego, mas, por outro lado, também nas qualificações dos portugueses”. O primeiro-ministro destacou, depois, o programa Novas Oportunidades, que reuniu já 360 mil inscrições. Números dos programas Ao Inov Jovem concorreram 5.600 jovens para uma oferta inicial de mil estágios em Maio de 2005. Já o Inov Contacto recebeu um total de 4.379 inscrições para 500 vagas. Dados deste mês sobre Inov Jovem revelam que foram já abrangidos 4.634 jovens, dos quais 4.416 acabaram integrados no mercado de trabalho. Quanto ao Inov Contacto, são já 548 os estágios atribuídos, 85 dos quais continuam a decorrer. O número de jovens integrados no mercado de trabalho ascende a 213 – 112 em empresas estrangeiras e 101 em Portugal. Os estágios do Inov Contacto decorreram em Espanha (15 por cento), EUA (13 por cento), China (11 por cento), Reino Unido (nove por cento), Brasil (7,5 por cento), Alemanha (cinco por cento), França (cinco por cento) e outros países (34,5 por cento).
Carlos Santos Neves, RTP

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

ÚLTIMA HORA ....



ALBERTO JOÃO JARDIM, DEPOIS DA DECISÃO DE FIDEL CASTRO DE RENÚNCIAR AO CARGO, IRÁ APRESENTAR A SUA RENÚNCIA AO REPRESENTANTE DA REPÚBLICA NO PRÓXIMO DIA 1 DE ABRIL....

PASSOU UMA SEMANA ...

SEM QUE O PRESIDENTE DO PSD ENCONTRASSE UM ASSUNTO PARA DESVIAR AS ATENÇÕES DOS PROBLEMAS DOS MADEIRENSES ... ANDA DISTRAÍDO?

PASSOU 24 HORAS ...

SEM QUE O MPT DE JOÃO ISIDORO FIZESSE UM FRETE AO PSD... ANDA DISTRAÍDO?

A DEPRESSÃO DO GOVERNO LARANJA...


A MÁFIA NO MAU SENTIDO!

ILÓGICA DO DESENVOLVIMENTO ...

  • O PSD-M GOVERNA COM OS RECURSOS DAS FUTURAS GERAÇÕES, CONTROI NO PRESENTE PARA QUE OUTROS PAGUEM NO FUTURO!
  • ANTECIPA OS IMPOSTOS QUE OS MADEIRENSES IRÃO PAGAR NOS PRÓXIMOS 20 A 30 ANOS.
  • PERGUNTO É LEGITÍMO UM GOVERNO GASTAR HOJE O DINHEIRO QUE AS FUTURAS GERAÇÕES IRÃO PRODUZIR?
  • É LEGITIMO AS FUTURAS GERAÇÕES RECEBEREM AS DÍVIDAS DA MADEIRA NOVA?
  • AS FUTURAS GERAÇÕES JÁ NÃO TÊM DIREITO A DICIDIR O QUE FAZER COM O DINHEIRO DOS SEUS IMPOSTOS, NO FUTURO?
  • AS FUTURAS GERAÇÕES NÃO TERÃO DESAFIOS PRÓPRIOS QUE, A SEU TEMPO, DEVERIAM TER A LIBERDADE E RECURSOS FINANCEIROS PRÓPRIOS PARA OS ENFRENTAR?

O PSD DECIDE HOJE PARA OS OUTROS PAGAREM AMANHÃ!

O DINHEIRINHO DOS MADEIRENSES ... VAI PARAR ÀS MÃOS DOS MESMOS..



A LÓGICA DESTE GOVERNO É METER MAIS DINHEIRO NAS MÃOS DOS AMIGOS!

O GOVERNO "TRABALHA" PARA LÓBIS ECONÓMICOS... O POVO POVO, ESSE, IRÁ PAGAR A FACTURA DOS "CRIMES" DO GOVERNO LARANJA DE JARDIM!

DEPRESSÃO DO GOVERNO LARANJA ...

O GOVERNO PSD-M, NÃO GOVERNA
A SITUAÇÃO É DE FACTO GRAVE! UM ANO DEPOIS DA SUA ELEIÇÃO O PSD-M NÃO GOVERNA.
  • DESEMPREGO ESTÁ A CRESCER!
  • NÃO SE CRIAM NOVOS POSTOS DE TRABALHO!
  • EXCLUSÃO SOCIAL A AUMENTAR!
  • MAIS POBREZA!
  • AUMENTO DA TOXICODEPENDÊNCIA!
  • CRIMINALIDADE DISPARA!
  • GOVERNO E CÂMARAS NÃO PAGAM OS CALOTES!
  • EMPRESAS EM SUFOCO!

DEPRESSÃO DO GOVERNO LARANJA ....

REMÉDIO PARA A DEPRESSÃO GOVERNATIVA É INDÍVIDAR AS FUTURAS GERAÇÕES, LANÇAR SOBRE OS OUTROS OS PECADOS COMETIDOS NO PRESENTE, OS OUTROS QUE PAGUEM NO FUTURO AS IRRESPONSABILIDADES GOVERNATIVAS DO PRESENTE!

DEPRESSÃO DO GOVERNO LARANJA .... AINDA AQUI VAMOS!

DÍVIDAS ATRÁS DE DÍVIDAS PARA OS MADEIRENSES PAGAREM, MÁ APLICAÇÃO DOS DINHEIROS PÚBLICOS SEM RETORNO, FALTA DE IDEIAS E ESTRATÉGIAS PARA O FUTURO DA MADEIRA, DESCRENÇA EM RELAÇÃO À INTELIGÊNCIA DOS MADEIRENSES, CULPAM OS MADEIRENSES PELA SITUAÇÃO ECONÓMICA E SOCIAL A QUE A MADEIRA CHEGOU, EM SUMA: "ESTÃO FARTOS DA MEDIOCRIDADE DOS MADEIRENSES"!

A DEPRESSÃO DO GOVERNO LARANJA ... DÍVIDAS ENCAPOTADAS!


A MADEIRA E O FUTURO

DÍVIDAS E MAIS DÍVIDAS


  • QUAL É O PESO DA PATRIRAM NOS IMPOSTOS DOS MADEIRENSES?

  • QUANTO É QUE IRÁ CUSTAR EM TERMOS FINANCEIROS AO LONGO DOS ANOS ESTAS CONCESSÕES?

  • QUAL É O PESO DOS COMPROMISSOS FINANCEIROS DA PATRIRAM, TODOS OS ANOS, NO ORÇAMENTO REGIONAL?

  • QUEM SÃO OS EMPRESÁRIOS QUE ESTÃO POR DE TRÁS DESTAS CONCESSÕES?

DEPRESSÃO DO GOVERNO LARANJA ... ENGENHARIAS FINANCEIRAS.

O MAU NEGÓCIO!
PATRIRAM
FORMA INDIRECTA DE CRIAR DÍVIDA DIRECTA
TAL COMO A VIALITORAL E A VIA EXPRESSO FORAM UM MAU NEGÓCIO PARA A MADEIRA, O PSD VOLTA A LANÇAR NOVAS DÍVIDAS SOBRE OS MADEIRENSES, ATRAVÉS DA PATRIRAM. AGORA DURANTE 25 OU MAIS ANOS OS IMPOSTOS DOS MADEIRENSES IRÃO SERVIR PARA "ALUGAR" EDIFÍCIOS PÚBLICOS CONCESSIONADO A PRIVADOS. QUEM GANHA COM ISTO?

DEPRESSÃO GOVERNATIVA ...LÁ SE VÃO OS ANEIS..

COMO FUNCIONA A PATRIRAM?

O PATRIMÓNIO REGIONAL, EDIFÍCIOS PÚBLICOS ETC... SÃO CONCESSIONADOS A PRIVADOS, O GOVERNO RECEBE À CABEÇA O DINHEIRO(50 MILHÕES) E DEPOIS TODOS OS MESES VAI PAGANDO "RENDAS".
É O MESMO SISTEMA DA VIALITORAL E VIA EXPRESSO EM QUE ESTAS ENTIDADES FICARAM COM A CONCESSÃO DOS TROÇOS RODOVIÁRIOS E TODOS OS ANOS O GOVERNO PAGA A SUA UTILIZAÇÃO PELOS MADEIRENSES.

DEPRESSÃO NO GOVERNO LARANJA...

A SITUAÇÃO DO ACTUAL GOVERNO LARANJA É CLARA - ESTÁ TUDO NEGRO!

UM ANO DEPOIS .... O GOVERNO PSD-M EM DEPRESSÃO!

O GOVERNO DA MADEIRA ANDA DEPRIMIDO, SEM ÂNIMO, SEM RUMO, SEM ESTRATÉGIA.... PERDERAM O NORTE!
UTILIZAM OS MESMOS REMÉDIOS PARA NOVAS DOENÇAS. SÃO OS RESPONSÁVEIS PELA ACTUAL SITUAÇÃO ECONÓMICA DA MADEIRA, MAS CONHECEDORES DA DOENÇA, APLICAM AS MESMAS TERAPIAS, QUE DE ANTEMÃO SABEM QUE NADA RESOLVE, SÓ ADIAM OS PROBLEMAS, TEMEM ASSIM O CONFRONTO COM A REALIDADE!

DIA 19 DE FEVEREIRO ....

FIDEL CASTRO DEMITE-SE DA PRESIDÊNCIA CUBANA.
UM ANO DEPOIS DE JARDIM SE DEMITIR DA PRESIDÊNCIA DO GR PARA VOLTAR A CANDIDATAR-SE, FIDEL CASTRO DEIXA O PODER EM CUBA..... PARALELISMOS À PARTE, O DITADOR DA MADEIRA DIZ: EU FICO!

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

A AGONIA DO GOVERNO LARANJA IV

NÃO ACREDITAM NA INTELIGÊNCIA DOS MADEIRENSES
Santas palavras de jardim, demonstram o estado de espírito do PSD e do seu Governo, não é de estranhar que "estando farto da mediocridade dos madeirenses", não queiram mudar o Modelo de Desenvolvimento e apostar na Sociedade do Conhecimento.
Como poderia o PSD e o seu Governo, não acreditando na inteligência dos Madeirenses, lançar um Novo Modelo de Desenvolvimento cuja base é a Sociedade do Conhecimento????

A AGONIA DO GOVERNO LARANJA ... III

Um governo que não acredita na inteligência dos Madeirenses, na capacidade de iniciativa dos empresários, na capacidade dos nossos jovens que saem das universidades etc .... um governo, como diz o seu presidente, que "está farto da mediocridade dos madeirenses"

A AGONIA DO GOVERNO LARANJA ...II

Um governo que faz que governa, mas não governa.
Um governo que não acredita em sí próprio, mergulhado no lago da estagnação governativa, vão deixando os dias passar, sem decidir, sem soluções ... e sem orgulho na sua obra ... é triste!

A AGONIA DO GOVERNO LARANJA ...I

Vão arrastando os pés por entre a angústia dos madeirenses, nada fazem, nada decidem, é deixar andar.....
Entretanto, os madeirenses vivem a agonia de um governo que não governa, que não apresenta soluções, sem ideias e sem projectos, vai este governo se arrastando nas páginas dos jornais, com propaganda, mas sem soluções……

CASINOS E MAIS CASINOS

"Não tem nem nunca teve conhecimento de alguma decisão de algum membro do seu Governo que tivesse favorecido ilegitimamente qualquer empresa privada", declarou a porta-voz de Durão Barroso

O GOVERNO CALOTEIRO DO PSD-M

TEM DE DÍVIDAS DIRECTAS AOS FORNECEDORES QUASE 300 MILHÕES DE EUROS, ESTE VALOR É 20% DO ORÇAMENTO DA REGIÃO!

QUAL SERÁ O DÉFICE ORÇAMENTAL DO GOVERNO PSD-M????

EM QUE FASE ESTÃO AS NEGOCIAÇÕES?

ENTRE O GOVERNO DO PS E O GOVERNO DO PSD-M, REFERENTES AOS EMPRÉSTIMOS A CURTO PRAZO, PARA PAGAMENTO DOS CALOTES AOS FORNECEDORES DO GOVERNO PSD-M?

PERGUNTA DO DIA

O GOVERNO DO PSD-M JÁ PAGOU OS COMPROMISSOS FINANÇEIROS QUE TEM COM A VIA LITORAL, NA ORDEM DOS 80 MILHÕES DE EUROS, REFERENTES A 2007??

ANO 2012 ... DÍVIDAS DA MADEIRA LARANJA

EM 2012 A MADEIRA COMEÇA A PAGAR OS CALOTES DAS SOCIEDADES DE DESENVOLVIMENTO, APÓS FINDAR O PERÍODO DE CARÊNCIA DE 8 ANOS. NESSE MESMO ANO A MADEIRA TEM DE PAGAR O CALOTE DA TITULARIZAÇÃO DE CRÉDITOS, NUMA ÚNICA TRANCHE DE 119 MILHÕES DE EUROS.
VAI SER BONITO ... AS DÍVIDAS DO GOVERNO PSD-M SÃO EMPURRADAS COM A BARRIGA PARA O PRÓXIMO MANDATO!

REVISTA DE IMPRENSA ... DN LISBOA

'Offshore' da Madeira usado em fraude e evasão fiscal em Itália

Em causa estão as actividades do empresário Giuseppe Spadaccini
A Itália está a investigar as firmas Bytols e Petillant, sediadas no offshore da Madeira, no âmbito do inquérito da Procuradoria da República de Pescara às actividades do grupo Aeroservices, de Giuseppe Spadaccini. Este empresário, presidente da Air Columbia, da Itali Airlines e da Sorem, empresa que gere a frota dos aviões Canadair da protecção civil italiana, é arguido num processo por alegada fuga ao fisco, evasão fiscal e lavagem de dinheiro, incluindo pagamento de luvas. Enquanto decorre o inquérito judicial, Spadaccini - que chegou a ter contactos com o Governo português, através da Sorem, relativamente ao negócio dos meios aéreos de combate a incêndios - demitiu-se presidência da Sorem, sendo substituído no cargo por Ugo Calvosa, ex-vice-presidente da Itali Airlines, a companhia aérea do grupo Aeroservices. No decorrer da colaboração entre Itália e Portugal foi apreendido pela Polícia Judiciária do Funchal (PJ) material documental e informático da Bytols, a firma sobre a qual recai a principal suspeita. As buscas no Funchal aconteceram após a operação policial em Itália realizada há cerca de dez dias, quando mais de cem agentes entraram em dezenas de sedes de empresas que se presume serem propriedade do empresário Giuseppe Spadaccini. Segundo o jornal online PrimaDaNoi.it, o mais importante e prestigioso da região do Abruzzo, os resultados das investigações que levaram a apreensão de diversos dossiers, documentos fotocopiados, centenas de DVD e CD com dados e documentos, para além dos discos rígidos, são o primeiro passo para verificar se existem dados sobre uma actividade económica e financeira ilegal, com balanços falsos, fraude e evasão fiscal."Uma investigação começada há vários meses, que envolveu escutas telefónicas, buscas nos escritórios e na sede da Air Colombia, situada na área do aeroporto." O objectivo das autoridades judiciais é recolher provas que permitam confirmar as ligações Roma/Milão/Madeira, onde as duas sociedades para a manutenção dos Canadair seriam uma espécie de "testas-de- -ferro" para Giuseppe Spadaccini, permitindo ao empresário dispor de fundos não incluídos nas suas declarações de impostos, e que poderiam ser usados para luvas, suborno, financiamentos ilícitos e branqueamento de capitais", disse Alessandro Biancardi, director do PrimaDa- Noi.it, em conversa telefónica com o DN em Roma. Além de Giuseppe Spadaccini, na lista dos investigados está o seu técnico de contas, Giacomo Obletter, entre outros, e sobretudo o advogado Francesco Valentini que, segundo a acusação, teria sido o gestor de várias sociedades da indústria aeronáutica, mas que, na reali- dade, eram de propriedade de Spadacini.

NOVAS MEDIDAS DE COMBATE À CORRUPÇÃO

FINALMENTE JÁ MEXE!
Perdões na justiça e segurança para quem denuncie corrupção

Denunciantes podem ser isentos de pena e dada segurança a toda a família
O Governo vai reforçar a protecção das testemunhas que denunciem os crimes de corrupção passiva, oferecendo um leque novo e alargado de medidas de seguranças (que inclui toda a família, pais, filhos e irmãos) e também vários perdões judiciais, quer em relação a crimes fiscais (com alargamento do prazo de pagamento das dívidas), quer de outros crimes menores. Estas ofertas da nova lei abrangem ainda quem denunciar crimes contra a liberdade ou a autodeterminação sexual, nomeadamente a pedofilia. E factos relacionados com o terrorismo.Para além do reforço da protecção as testemunhas passam mesmo, nalguns casos - como quando foram alvo de processos por abuso de autoridade - a poder ser isentadas do cumprimento de penas em processos crime (excluindo, claro está, os mais graves). Assim, "correndo processo criminal contra a testemunha, se houver fundadas razões para crer que a denúncia ou a instauração do processo teve origem numa situação de abuso de autoridade, denegação de justiça ou prevaricação, o tribunal pode atenuar especialmente a pena ou decidir-se pela dispensa de pena". Segundo a proposta de lei que agora foi entregue pelo executivo no Parlamento, "antes de se conceder esta a isenção de pena terá de haver uma audição obrigatória da Comissão de Programas Especiais de Segurança (CPES)" . Foi precisamente a CPES que identificou alguns pontos de estrangulamento da Lei de protecção de testemunhas em processo penal de 1999 e que agora sugeriu alterações a esta legislação que o executivo materializou numa proposta de lei.O ministro da Justiça, Alberto Costa, tinha por diversas vezes reconhecido que "a investigação do crime de corrupção e a sua prova em julgamento são manifestamente difíceis", uma realidade demonstrada claramente pelo reduzido número de condenações nestes crimes.O novo diploma assume que se verifica que "a criminalidade organizada envolve frequentemente um conjunto de crimes que, não sendo cometidos por quem fizer parte de associação criminosa, ou estando fora da sua finalidade específica, ainda assim apresentam forte danosidade social".A proposta do executivo estabelece que as medidas de protecção de testemunhas - entre elas policial - podem igualmente "abranger os familiares das testemunhas, as pessoas que com elas vivam em condições análogas às dos cônjuges e outras pessoas que lhes sejam próximas" - o que inclui ascendentes, descendentes ou irmãos.
in DN Lisboa

"NOVO" MODELO DE DESENVOLVIMENTO DO PSD-M

SOCIEDADE DO CONHECIMENTO FICA DE FORA DO MODELO DO PSD
GRANDE APOSTA PARA OS PRÓXIMOS ANOS
MAIS BETÃO E MAIS ALCATRÃO

A SOCIEDADE DO CONHECIMENTO


OS NOVOS FUNDOS COMUNITÁRIOS VÊM AÍ.
O GOVERNO DO PSD ANDA COMPLETAMENTE DESORIENTADO!

SEM ESTRATÉGIA DE APLICAÇÃO DOS FUNDOS;
SEM UM NOVO MODELO DE DESENVOLVIMENTO;
SEM ESTRATÉGIA PARA UM NOVO CICLO ECONÓMICO.




O BALAIO ... MPT

SEMPRE AO SERVIÇO DO PSD-MADEIRA

PARA REFLECTIR IV

DOS JOVENS LICENCIADOS QUE VOLTAM À MADEIRA, QUANTOS É QUE POR CÁ FICAM E QUANTOS EMIGRAM?

REFLECTIR III

QUANTOS JOVENS MADEIRENSES ACABAM POR ANO A SUA LICENCIATURA NAS UNIVERSIDADES E QUANTOS VOLTAM À MADEIRA?

PARA REFLECTIR II

QUANDO ACABAM OS ESTÁGIOS PROFISSIONAIS, QUAL É A TAXA DE EMPREGABILIDADE DESSES JOVENS COM FORMAÇÃO SUPERIOR?

PARA REFLECTIR I

OS JOVENS QUE SE ENCONTRAM NESTE MOMENTO A REALIZAR ESTÁGIOS PROFISSIONAIS (DURAÇÃO DE 9 MESES) NÃO CONTAM PARA AS ESTATISTICAS OFICIAIS DO DESEMPREGO.
QUANTOS JOVENS ESTÃO NESTE MOMENTO A REALIZAR ESTÁGIOS PROFISSIONAIS?

Taxa de Desemprego de 7,0%,

A partir dos dados apurados pelo Inquérito ao Emprego para o 4.ºtrimestre de 2007, obteve-se uma Taxa de Desemprego de 7,0%, o que traduzum aumento de 0,2 pontos percentuais (p.p.) face ao trimestre anterior e um acréscimo de 1,2 p.p. face ao 4.º trimestre de 2006.
Dados Direcção Regional de Estatistica

domingo, 17 de fevereiro de 2008

NÃO HÁ ESTRATÉGIA .... A MADEIRA SEM FUTURO

O GOVERNO NÃO GOVERNA!

SANTOS COSTA, SECRETÁRIO DO BETÃO E ALCATRÃO, VEIO A TERREIRO MOSTRAR QUE AFINAL GOVERNA.... LANÇOU NÃO SEI QUANTAS OBRAS PÚBLICAS, NÃO SEI QUANTOS MILHÕES EM OBRAS .... MAS O NOVO MODELO DE DESENVOLVIMENTO NADA!
800 JOVENS MADEIRENSES SAEM DAS UNIVERSIDADES TODOS OS ANOS. COM O ACTUAL MODELO DE DESENVOLVIMENTO ONDE É QUE ESTES JOVENS IRÃO TRABALHAR?? NAS OBRAS, COMO MESTRES E PEDREIROS???

A INFÂMIA DAS PALAVRAS DE JARDIM

.....DE POVO SUPERIOR ... A UMA CAMBADA DE MEDIOCRES...

ESTOU FARTO DA MEDIOCRIDADE DO POVO MADEIRENSE ... ALBERTO JOÃO JARDIM

ESTA FRASE NÃO DIZ NADA SOBRE O POVO MADEIRENSE .... MAS DIZ TUDO, MESMO TUDO, DO DR. ALBERTO JOÃO JARDIM

sábado, 16 de fevereiro de 2008

A SITUAÇÃO ECONÓMICA DA MADEIRA..............

O GOVERNO PSD VIVEU ACIMA DAS SUAS POSSES NOS ÚLTIMOS 8 ANOS.
EM 1999, GUTERRES PAGOU A DÍVIDA DA MADEIRA, 110 MILHÕES DE CONTOS. DÍVIDA ESTA QUE A MADEIRA TINHA LEVADO DUAS DÉCADAS A CONTRAIR.

ENTRE 2000 E 2004 O GOVERNO PSD-MADEIRA INJECTOU NA NOSSA ECONOMIA 300 MILHÕES DE CONTOS - RECORRENDO A DÍVIDAS (VIALITORAL, VIAEXPRESSO, SOCIEDADES DE DESENVOLVIMENTO, DÍVIDA DIRECTA E DÍVIDA INDIRECTA) - DE LÁ PARA CÁ, TEM VINDO A INJECTAR ALGUM DINHEIRO NA ECONOMIA, SEM QUALQUER SUSTENTABILIDADE E ONERANDO OS ORÇAMENTOS FUTUROS.
DE 2004 ATÉ HOJE, O GOVERNO PSD VAI RECORRENDO A "ENGENHARIA FINANCEIRA", QUE NÃO PASSA DE FORMAS INDIRECTAS DE CRIAR DÍVIDAS DIRECTAS.

É O CHAMADO DESENVOLVIMENTO SEM SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA!

QUEM FOI ATRÁS DO MPT VOTOU PSD...


O PSD TEM NA ASSEMBLEIA REGIONAL O SEU TRIGÉSIMO QUARTO DEPUTADO, NATURALMENTE NAS LISTAS DO SEU PARTIDO IRMÃO, O MPT DE JOÃO ISIDORO.
A ASSEMBLEIA TEM 13 DEPUTADOS DA OPOSIÇÃO, MAIS 34 DO PSD(JÁ COM O MPT INCLUIDO).

JACKPOTS DO MPT E PSD


PSD=MPT
ENTÃO OS INDEPENDENTES RECEBERAM O DINHEIRO DO PS!
O SERVIÇO DO PSD-M AOS "INDEPENDENTES" EM QUE TIRARAM DINHEIRO AO PS PARA DAR AOS DITOS, É ILEGAL!

O TRIBUNAL CONSTITUCIONAL TARDIAMENTE ..... CHEGOU A ESTA CONCLUSÃO!

E O CASINO DA MADEIRA ....

A CONCESSÃO DO CASINO DA MADEIRA E AS ISENÇÕES DE IMPOSTOS .... É CÁ UMA HISTÓRIA!

EXPRESSO

Casino de Lisboa
Governo de Santana
Lopes mudou Lei do Jogo a pedido da Estoril-Sol
Expresso revela documento enviado em Agosto de 2004 pela Estoril-Sol ao ministro do Turismo Telmo Correia, no qual foi defendida uma alteração cirúrgica ao artigo 27 da Lei do Jogo. Segundo a concessionária do jogo, a mudança seria "totalmente imperceptível" e "insusceptível de ser interpretada como relacionável com a clarificação da situação" do Casino de Lisboa .
Em Agosto de 2004, a Estoril-Sol enviou um extenso documento ao então ministro do Turismo, Telmo Correia, no qual sugeriu uma alteração cirúrgica ao artigo 27 da Lei do Jogo que regulava a reversibilidade obrigatória dos edifícios e equipamentos dos casinos para o Estado. Segundo o documento, a que o Expresso teve acesso (e que disponibiliza para download), a empresa considerou que a tal alteração seria inócua às demais concessões e "também totalmente imperceptível quer pela simultaneidade da sua publicação com as demais alterações de artigos do mesmo Decreto-lei, quer pela sua formulação genérica e abstracta, insusceptível de ser interpretada como relacionável com a clarificação da situação concreta". Ou seja, o Casino de Lisboa. A filosofia da proposta acabou por ser acolhida em Dezembro de 2004, quando o governo de Santana Lopes aprovou uma alteração à Lei do Jogo.
No mesmo documento, pode ler-se que a empresa chega a formular uma proposta de redacção do artigo em questão. Só que, uma vez que tal lei teria de ter efeito retroactivo, a sugestão passou pela criação de um ponto com esta redacção: "Não são reversíveis para o Estado, no termo da concessão, os casinos que ainda não se encontrem em funcionamento à data de entrada em vigor do presente diploma, quando a lei a que se refere o número 1 não determinar a sua reversibilidade". Esta redacção não consta do decreto lei de Dezembro de 2004. Contudo, ficou consignado que as alterações aprovadas se aplicariam a todos os contratos de concessão em vigor , o que permitiu que o edifício do antigo Pavilhão do Futuro e o parque de estacionamento fiquem propriedade da Estoril-Sol, mesmo após terminar a concessão. Recorde-se que, de acordo com a lei anterior, os edifícios e equipamentos dos casinos revertiam para o Estado no final do contrato, mesmo que tivessem sido adquiridos pelo concessionário.
Amanhã, o Expresso revela mais pormenores sobre todo o processo de implantação do Casino de Lisboa. Um caso que, para Helena Roseta, vereadora da Câmara de Lisboa, ilustra o "capitalismo de favores" .

"ESCAPE SOCIAL"

O GRANDE ESCAPE SOCIAL NA MADEIRA É A EMIGRAÇÃO.
A EMIGRAÇÃO RESOLVE OS PROBLEMAS SOCIAIS, MANTÊM OS INDICADORES DE DESEMPREGO A NÍVEIS, QUE NÃO COLOQUEM EM CAUSA A PAZ SOCIAL.
ENTRETANTO, DEPOIS DO INVESTIMENTO QUE FAZEMOS NA NOSSA JUVENTUDE, ATIRA-SE PARA FORA DA MADEIRA, PORQUE NÃO EXISTIU UMA POLÍTICA SÉRIA NUM MODELO DE DESENVOLVIMENTO CAPAZ DE ABSORVER A MÃO-DE-OBRA JOVEM.....
MESMO COM FORMAÇÃO, LÁ VÃO ELES PARA A TERRA DA EMIGRAÇÃO.
ALGUNS COM CURSO SUPERIOR .....
MAS PARA OS FILHOS DO "CARRO PRETO" HÁ CONCURSOS PARA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - FEITOS À MEDIDA!

EI-LOS QUE PARTEM ...

Ei-los que partem
novos e velhos
buscando a sorte
noutras paragens
noutras aragens
entre outros povos
ei-los que partem
velhos e novos
Ei-los que partem
de olhos molhados
coração triste
e a saca às costas
esperança em riste
sonhos dourados
ei-los que partem
de olhos molhados
Virão um dia
ricos ou não
contando histórias
de lá de longe
onde o suor
se fez em pão
virão um dia
ou não
Manuel Freire

NINGUEM SABE OS VALORES DA EMIGRAÇÃO ...

DE 2004 ATÉ HOJE, DEPOIS DAS GRANDES OBRAS PÚBLICAS.
NÃO SABEMOS QUANTOS MADEIRENSES ABANDONARAM A ILHA, SE 5000, 7000 OU 10000.

DESEMPREGO VS EMIGRAÇÃO

A MADEIRA SÓ EM SITUAÇÕES EXTREMAS ATINGE VALORES DE DESEMPREGO DESTA ENVERGADURA, PELO SIMPLES FACTO DE QUE OS MADEIRENSES TÊM A TRADIÇÃO DE EMIGRAREM, QUANDO NÃO HÁ EMPREGO NA MADEIRA.

DE 2004 ATÉ HOJE, MILHARES DE MADEIRENSES TÊM EMIGRADO EM ESPECIAL PARA AS ILHAS DO CANAL E PARA LONDRES!
QUEM CONHECE A REALIDADE DA MADEIRA, EM TODOS OS CONCELHOS DA REGIÃO, INCLUSIVE NO FUNCHAL, COTA 200 PARA CIMA, A EMIGRAÇÃO É HOJE UM FENÓMENO ASSUSTADOR! HÁ UMA "HEMORRAGIA" CONSTANTE DE JOVENS E MENOS JOVENS QUE ABANDONAM A ILHA...

DESEMPREGO .....

CRESCEU 87% DE 2002 ATÉ 2007!

A MADEIRA TEM HOJE CERCA DE 9000 DESEMPREGADOS NUMA POPULAÇÃO ACTIVA DE 129000 CIDADÃOS.
A MADEIRA TEM 6,8% DA SUA POPULAÇÃO NO DESEMPREGO!

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

ESTAMOS TRAMADOS ....O GOVERNO NÃO GOVERNA!

MAIS DESEMPREGO
MAIS POBREZA
MAIS INSEGURANÇA
MAIS EMIGRAÇÃO

NA MADEIRA ... É SEMPRE MAIS!

DEMITIU-SE .... E NÃO GOVERNA!

JÁ PASSOU UM ANO DE PARALISIA NA MADEIRA!

O GOVERNO NÃO GOVERNA

“Eu demitir-me?!... mesmo ganhando as eleições, não resolve coisa nenhuma. Eram seis meses de instabilidade que se ia criar na Madeira (…)”. Alberto João Jardim, Novembro de 2006.

Plano Regional para a Ciência, Tecnologia e Sociedade do Conhecimento

Proposta do PS

A Assembleia Legislativa da Madeira recomenda ao Governo Regional a criação de um Plano Regional para a Ciência, Tecnologia e Sociedade do Conhecimento, que seja um documento estratégico, nestas áreas.
Com o objectivo de ganhar o desafio da ciência e tecnologia, é necessário a Madeira dispor de fundos próprios do seu Orçamento e aproveitar fundos disponíveis, quer nacionais, quer comunitários.
O Plano Regional para a Ciência, Investigação e Sociedade do Conhecimento deve ter subjacente um Fundo Financeiro Regional, que entrosado com os apoios nacionais e europeus garanta:

Apoio às instituições de investigação científica quer ao nível de equipamentos, reforço de equipas de investigação, bem como, criação de unidades de I&D;
Apoio a projectos de investigação Cientifica e Tecnológica com interesse e em áreas estratégicas para a Madeira;
Bolsas de Investigação Cientifica e Tecnológica, Bolsas para técnicos de apoio à investigação, incentivos à produção cientifica e Bolsas à realização de cursos de formação avançada;
Apoios à divulgação científica e tecnológica;
Apoios a iniciativas de I&D de Contexto Empresarial;
Apoios para o desenvolvimento de Tecnologias de Informação e Comunicação, produção de conteúdos multimédia e modernização e eficiência administrativa, numa lógica de Governo electrónico e de acesso aos serviços públicos pelos cidadãos;
Apoios à integração dos cidadãos portadores de deficiência na Sociedade do Conhecimento.

DESVIAR AS ATENÇÕES...

PROBLEMAS COMO O DESEMPREGO, EMIGRAÇÃO, TOXICODEPENDÊNCIA, EXCLUSÃO SOCIAL, INSEGURANÇA ... SÃO MATÉRIAS SECTORIAIS QUE ELE NÃO SE PRONÚNCIA ... SE FOR SOBRE REFORÇOS PARA O MARÍTIMO E PARA COMENTAR OS RESULTADOS DE UM JOGO .. AÍ SIM JÁ SÃO MATÉRIAS PARA O PRESIDENTE DO GOVERNO...

DESVIAR AS ATENÇÕES ...

DETERMINADA COMUNICAÇÃO SOCIAL DÁ PARA O PEDITÓRIO ... O SENHOR PRESIDENTE DO GOVERNO É CHAMADO A PRONUNCIAR-SE SOBRE TUDO E MAIS ALGUMA COISA... TUDO ASSUNTOS LATERAIS.
QUANDO SE TRATA DOS PROBLEMAS SÉRIOS .. NÃO É CONFRONTADO..

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

AINDA A ENTREVISTA DE JARDIM..

NÃO VI TUDO... MAS O QUE VI .... O HOMEN NÃO ESTÁ BEM... DEU-LHE A LOUCA...SÓ PODE...

TUDO FICA MAIS CLARO...

O GOVERNO DO PSD ....

VAI CONTINUAR A INTERVIR NA COSTA MADEIRENSE SEM REI NEM ROQUE, SEM REGRAS E SEM LEI... DIZ O PSD QUE O POVO DEU-LHES O VOTO ... PARA ESTAS COISAS..

POOC À DERIVA...

O PSD NÃO DESBLOQUEIA A CONCRETIZAÇÃO DOS PLANOS DE ORDENAMENTO DA ORLA COSTEIRA...

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

SERÁ QUE A COMUNICAÇÃO SOCIAL ...

IRÁ CONFRONTAR OS LÍDERS PARTIDÁRIOS EM RELAÇÃO ÀS DECLARAÇÕES DE JARDIM?

30 ANOS DEPOIS ...

A PAGA QUE OS MADEIRENSES TÊM, DO VOTO E APOIO QUE DERAM A JARDIM É QUE AFINAL, OS MADEIRENSES, NO DIZER DE JARDIM SÃO MEDIOCRES!

"ESTOU FARTO DA MEDIOCRIDADE MADEIRENSE"


ALBERTO JOÃO JARDIM OFENDE O POVO DA MADEIRA... CHAMA DE MEDIOCRES AOS POVO DA MADEIRA!

ALBERTO JOÃO JARDIM EM ENTREVISTA À RTP-M AFIRMOU..

"ESTOU FARTO DA MEDIOCRIDADE MADEIRENSE"

PSD-M CHUMBA NO PARLAMENTO COMISSÃO DE INQUÊRITO À CORRUPÇÃO VI


DEIXEM A "COISA" ENGROSSAR!

PSD-M CHUMBA NO PARLAMENTO COMISSÃO DE INQUÊRITO À CORRUPÇÃO V

QUEM NÃO DEVE NÃO TEME!

PSD-M CHUMBA NO PARLAMENTO COMISSÃO DE INQUÉRITO À CORRUPÇÃO NA MADEIRA IV


Deputada do PSD-Madeira na Assembleia Regional, Dra. Sara André: afirmou em artigo de opinião publicado no Diário de Notícias, de 17 de Janeiro de 2008, que “É preciso acreditar que ainda não vivemos numa Cleptocracia. O que é preciso dizer é que esta gente, os tais corruptos e ladrões, não são militantes ou pertencem ideologicamente a qualquer partido, pois, na verdade, a única política que advogam é a de encher o bolso e a de tratar dos seus interesses e ambições pessoais. Usam os partidos e o poder que os partidos lhes conferem para fazer tudo aquilo que repudiamos e não queremos. Enriquecem por meios pouco claros, usam o nome de pessoas, abusam do poder, lançam boatos, põem em causa a honra das pessoas, ameaçam e exploram para que ninguém lhes faça frente”.

PSD-M CHUMBA NO PARLAMENTO COMISSÃO DE INQUÉRITO À CORRUPÇÃO NA MADEIRA III


Ex-Presidente da Assembleia Regional, Dr. Emanuel Rodrigues - afirmou em declarações ao Diário de Noticias de 12 de Outubro de 2007: “A justiça ou actua por iniciativa própria ou por denúncia. No primeiro caso, não tem actuado. Quanto a participações formais de alguém, desconheço, e se as houve, o poder judicial não chegou a qualquer conclusão. Mas, antes disso, há que atacar a questão por outro prisma.” Antes de se investigar a corrupção, é preciso construir mais cadeias. Só depois disso, avançar com a investigação.” “Temos uma grande cadeia, mas não chega para tanto corrupto... Prefiro limitar as minhas palavras. Apenas devo dizer que ainda estou à espera que aconteça no meu País uma "Operação Mãos Limpas", como aconteceu em Itália, porque há muitas mãos por limpar”.

PSD-M CHUMBA NO PARLAMENTO COMISSÃO DE INQUÉRITO À CORRUPÇÃO NA MADEIRA II

Vice-Presidente do Governo Regional, Dr. João Cunha e Silva: denunciou a existência de “negociatas” (sic) na Câmara Municipal do Funchal, no dia 1 de Novembro de 2004, declarações, essas, que levaram à abertura de um inquérito, a pedido da Câmara Municipal do Funchal, em reunião ordinária do dia 4 de Novembro de 2004. Em Novembro de 2007 o Ministério Público arquivou parte do processo por alegada existência de um erro, por parte dos inspectores da Vice-Presidência do Governo Regional que efectuaram a inspecção. Adianta que os serviços do Governo Regional não "verificaram duas questões processuais fundamentais": não identificaram a pessoa ou responsáveis pela infracção financeira, o que inviabiliza o exercício do contraditório. O procurador no Tribunal de Contas, Orlando Ventura, considerou este problema "inultrapassável", mas admite "haver possibilidade de recurso". O que é factual é que o Governo Regional, significativamente, não recorreu da decisão do Ministério Público, podendo, eventualmente, ter ficado na opinião pública a sensação de que não existiria interesse, por parte do Governo Regional da Madeira, de levar este caso até às últimas consequências.

PSD-M CHUMBA NO PARLAMENTO COMISSÃO DE INQUÉRITO À CORRUPÇÃO NA MADEIRA I

DEPOIS DE TUDO O QUE DISSERAM...
Presidente do Governo Regional, Dr. Alberto João Cardoso Gonçalves Jardim. Sua Excelência declarou peremptoriamente em devido tempo: “Há, neste momento, um gang à solta na Madeira. E esse gang vai ser denunciado, vai ser escalpelizado e, inclusivamente, vai-se dizer, publicamente, como foram feitas certas fortunas, cá dentro e lá fora. Vou contar como certas fortunas foram feitas, tanto aqui na madeira, como lá fora, na emigração. Vou contar. Os empresários têm as suas associações empresariais, para defendê-los; eu não sou, aqui, advogado dos empresários. Eu tenho muita consideração pelos empresários que investem e tenho desconfiança dos empresários, entre aspas, que fizeram fortunas à custa da exploração ou por meios que se sabe não terem sido muito católicos…”.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

O INVERNO DESTE GOVERNO ...

O INVERNO DESTE GOVERNO SOCIAL DEMOCRATA NÃO ACABA A 21 DE MARÇO. VEIO PARA FICAR...
NÃO GOVERNAM, FAZEM ANÚNCIOS PÚBLICOS QUE NADA RESOLVEM, ADIAM DECISÕES, MASCARAM A REALIDADE, OU SEJA, SÓ FAZEM PROPAGANDA...

ESTRATÉGIA DO PSD-M.... II

PARA O PSD-M TUDO O QUE SE FAZ BEM É DA SUA LAVRA .. TUDO O QUE ESTÁ MAL É DA RESPONSABILIDADE DOS OUTROS. E HÁ PARTIDOS DA OPOSIÇÃO QUE DÃO PARA ESTE PEDITÓRIO ....

ESTRATÉGIA DO PSD-M ...I

QUE O COMUM DOS CIDADÃOS NÃO SE APERCEBAM É UMA COISA, AGORA QUE DIRIGENTES PARTIDÁRIOS "CAIAM NESSA" E ALINHEM NAS ESTRATÉGIAS DE DESRESPONSABILIZAÇÃO DO PSD-M E DA SUA GOVERNAÇÃO ... JÁ É OUTRA COISA. NÃO É INOCENTE!

GOVERNO CALOTEIRO ...


O GOVERNO SOCIAL DEMOCRATA PARA RECEBER O SEU NÃO SE PÕEM COM MEIAS MEDIDAS ... PARA PAGAR O QUE DEVE JÁ É OUTRA HISTÓRIA!

EMIGRANTES...


QUANTOS MADEIRENSES EMIGRARAM DESDE 2004 ATÉ HOJE???

FALÊNCIAS ....


QUANTAS EMPRESAS DA ÁREA DA CONSTRUÇÃO CIVIL JÁ FALIRAM DESDE 2004 ATÉ HOJE?

PAGUE O QUE DEVE .. IV

OS SUBEMPREITEIROS QUE ANDAM À RASCA DÊEM A CARA NA PRAÇA PÚBLICA OU PASSEM INFORMAÇÕES AOS JORNALISTAS, DIGAM QUE OS VOSSOS TRABALHOS NEM FACTURADO ESTÃO....

PAGUE O QUE DEVE ... III


QUEM COLOCOU O SENHOR FRANCISCO SANTOS NA ACIF E QUEM COLOCOU O SENHOR JAIME RAMOS NA ASSICOM FORAM OS SENHORES EMPRESÁRIOS NÃO FOI A OPOSIÇÃO .... AS ASSOCIAÇÕES EMPRESARIAIS É QUE TÊM DE DEFENDER OS EMPRESÁRIOS! NÃO É A OPOSIÇÃO QUE VOS TEM DE DEFENDER ... A ACIF E A ASSICOM QUE VENHAM A TERREIRO DIZER O QUE SE PASSA.

PAGUE O QUE DEVE ....II


OS SENHORES EMPRESÁRIOS, EM VEZ DE SE QUEIXAREM À OPOSIÇÃO ... TENHAM CORAGEM METAM A "BOCA NO TROMBONE", FALEM COM A COMUNICAÇÃO SOCIAL, DÊEM A CARA E ASSUMAM O QUE SE PASSA!
A OPOSIÇÃO NÃO PODE SOZINHA SER A CAIXA DE RESSONÂNCIA DAS DORES DOS SENHORES EMPRESÁRIOS! TENHAM CORAGEM E ASSUMAM UMA POSIÇÃO FRONTAL!

PAGUE O QUE DEVE...I

OS EMPRESÁRIOS QUE FIZERAM TRABALHOS PARA O GOVERNO ANDAM À “GOSMA”... ANDAM A PEDIR QUE LHES PAGUEM O QUE DEVEM... OS CALOTES DO GOVERNO DO PSD-M ESTÁ A MANDAR EMPRESAS PARA A FALÊNCIA!

DESVIAR AS ATENÇÕES DOS PROBLEMAS .........

JARDIM LANÇOU HOJE, MAIS UMA VEZ, A ESTRATÉGIA DE INIMIGOS EXTERNOS E INTERNO, QUER COLOCAR O ENFOQUE E AS RESPONSABILIDADES DA SITUAÇÃO DA MADEIRA NOUTROS, QUANDO QUEM TEM RESPONSABILIDADES POR TUDO O QUE AQUI SE PASSA É ELE PRÓPRIO E O SEU PARTIDO.

ÓDIO ... III


JARDIM ACHA QUE ELE PRÓPRIO É A MADEIRA, NINGUÉM TEM ÓDIO AOS MADEIRENSES. QUEM SEMEIA VENTOS COLHE TEMPESTADES .... SE HÁ ÓDIOS CONTRA JARDIM, ELE LÁ SABE PORQUE O ODEIAM...

ÓDIO ....II

CAMPANHA DE ÓDIO É QUEM HÁ MAIS DE 30 ANOS LANÇA MADEIRENSES CONTRA MADEIRENSES, QUEM ELE PERSEGUE DENTRO E FORA DO SEU PARTIDO, QUEM ELE OFENDE E MALTRATA NA PRAÇA PÚBLICA, QUEM ELE ENXOVALHA, ESTAS SIM SÃO CAMPANHAS DE ÓDIO QUE INFELIZMENTE EXISTE E TÊM COMO OBREIRO O PRESIDENTE DO PSD-M....

CAMPANHA DE ÓDIO DE JARDIM ....


JARDIM DIZ QUE HÁ UMA CAMPANHA DE ÓDIO CONTRA A MADEIRA...
CAMPANHA DE ÓDIO É O QUE JARDIM FAZ TODOS OS DIAS CONTRA A OPOSIÇÃO REGIONAL, CONTRA TODO E QUALQUER UM QUE DESTOE DO PENSAMENTO ÚNICO, POR SI PROPALADO.

NÃO PRECISA DISFARÇAR...

O CARNAVAL JÁ PASSOU ....NEGAR ALIANÇAS COM O PSD-M POR COMUNICADO NA IMPRENSA ... A ALIANÇA SE NÃO FOI FORMALIZADA POR ESCRITO É TÁCITA COMO QUALQUER PESSOAS ATENTA JÁ VIU. UM PARTIDO QUE SE DIZ DA OPOSIÇÃO QUE FAZ OPOSIÇÃO À OPOSIÇÃO.... É ALIADO DO PSD-M!

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

SOU DE ESQUERDA ... SOU DE DIREITA...


"Qual é a sua mão esquerda .... qual é a sua mão direita ... " o saudoso MAX com as suas paródias ... o Sargento baralhou..

MPT ... DE DIREITA

Ontem ouvi na RTP-M um dirigente do MPT-M dizer que o seu partido era de centro esquerda...



Têm 2 Deputados na Assembleia da República integrados no Grupo Parlamentar do PSD e dizem-se na Madeira que são de Esquerda.. não têm vergonha na cara!
"Nas eleições de 20 de Fevereiro de 2005, o MPT - Partido da Terra concorreu integrado nas listas do PPD/PSD, no seguimento de um acordo de colaboração política e eleitoral que previu a inclusão de dois candidatos a deputados em lugares elegíveis pelos círculos de Lisboa e Setúbal." in site do MPT
Aquelas cabeças andam baralhadas ... ainda NÃO SABEM EM QUE PARTIDO ESTÃOS?

LINDA TESE ...

Os Partidos que não têm ideias e que se apresentam como defensores da Madeira, mas quando vemos que o que defendem é igual ao PSD, era melhor que assumissem que estão ao serviço da numenclatura do poder Regional.

LINDA TESE...

Há determinados Partidos que defendem a brilhante tese, que para apoiar a Madeira é defender determinadas propostas do PSD-M.
A Defesa da Madeira faz-se no quadro do que é melhor para a Madeira, não no quadro que o PSD-M define como melhor para a Madeira.

domingo, 10 de fevereiro de 2008

ALBERTO JOÃO JARDIM JÁ AMEAÇA O MINISTÉRIO PÚBLICO

AMEAÇA AO MINISTÉRIO PÚBLICO DA MADEIRA
Estádio dos Barreiros

O líder madeirense não crê que «os tribunais, por sua iniciativa», se metam nesta questão, e avisa que «seria de mau gosto alguém se meter, até porque podia sofrer represálias adequadas».
in Jornal da Madeira 10-02-2008
As declarações de Jardim são sintomáticas ele não acredita que o MP intervenha no processo «os tribunais, por sua iniciativa», e inclusive ameaça o Ministério Público da Madeira «seria de mau gosto alguém se meter, até porque podia sofrer represálias adequadas».
O MP perante notícias públicas deve intervir e não é necessário alguém apresentar queixa.
PERANTE ISTO O MINISTÉRIO PÚBLICO NÃO ACTUA? TÊM MEDO DAS REPRESÁLIAS DO PRESIDENTE DO GOVERNO?

AMEAÇAS AO DESENVOLVIMENTO DA MADEIRA

AMEAÇAS

􀂃 Menor atractividade no que respeita à captação de
Investimento Directo Estrangeiro, motivada pela
possibilidade de perda das condições favoráveis
associadas à Zona Franca da Madeira
􀂃 Deslocalização de IDE para países da Europa de
Leste, atraído pelo baixo custo da mão-de-obra e
pelos níveis de qualificação mais elevados dos
recursos humanos
􀂃 Perda de competitividade do produto turístico e do
destino, se não for mantida a imagem tradicional de
qualidade
􀂃 Subida sustentada das matérias-primas energéticas,
designadamente dos produtos petrolíferos, dos quais
a Região é fortemente dependente, com
consequências negativas na dinâmica da economia
regional
􀂃 Aumento de riscos associados a factores de natureza
geológica e a fenómenos de erosão, resultante do
declínio da actividade agrícola
􀂃 Desaparecimento de espécies endógenas devido à
fragilidade dos ecossistemas
􀂃 Tendência gradual para o envelhecimento da
população
􀂃 Despovoamento das zonas menos urbanizadas da
Madeira e Porto Santo
􀂃 Possibilidade da Região vir a absorver menos fundos
da União Europeia, em virtude da sua elegibilidade no
objectivo de competitividade e emprego e do
redireccionamento de fundos para a Europa Central
e de Leste
􀂃 Debilidade da economia nacional e situação das
finanças públicas nacionais
􀂃 Risco de desaparecimento de empresas nos sectores
tradicionais

PONTOS FRACOS DO DESENVOLVIMENTO DA MADEIRA

PONTOS FRACOS
􀂃 Níveis de eficiência abaixo dos desejados em alguns
equipamentos e serviços devido à dimensão
territorial da Região
􀂃 Elevados custos de transporte
􀂃 Ecossistemas frágeis
􀂃 Estrutura agrária de "microfundio"
􀂃 Actividade da pesca centrada num reduzido número
de espécies e vulnerabilidades às flutuações das
capturas de espécies migratórias (designadamente
tunídeos)
􀂃 Sectores económicos tradicionais com pouca
iniciativa competitiva e fraca visão estratégica do
ponto de vista organizacional e de captação de novos
mercados
􀂃 Excessiva concentração nos operadores turísticos
internacionais, no turismo hoteleiro e num públicoalvo
com um estrato etário muito elevado
􀂃 Padrão de povoamento muito diferenciado no espaço
regional, onde a concentração demográfica do litoral
sul, acentuada pela macrocefalia da cidade do Funchal,
contrasta com a grande dispersão e fragmentação do
restante território.
in PDES

PRIORIDADES ESTRATÉGICAS DO PDES

ESTAS PRIORIDADES ESTÃO A SER CUMPRIDAS??
  1. Inovação, Empreendedorismo e Sociedade do Conhecimento;
  2. Desenvolvimento Sustentável – Dimensão Ambiental;
  3. Potencial Humano e Coesão Social;
  4. Cultura e Património;
  5. Coesão Territorial e Desenvolvimento Equilibrado.

PERGUNTA DO DIA

COMO SERÁ A MADEIRA DO FUTURO?

CHEIRA .... A OPORTUNIDADE PERDIDA.


A falta de estratégia e de rumo para a Madeira, por parte de quem nos desgoverna, começa a ser preocupante. As lógicas do mais do mesmo - mais cimento, mais betão e mais alcatrão - está a deixar de parte as apostas que deveriam ser feitas nas áreas do conhecimento e na economia do presente e do futuro. A miopia política tomou conta dos governantes, de visão curta, baseada nos calendários eleitorais, sem um rasgo de criatividade, continuam a não reorientar os fundos comunitários para o desenvolvimento sustentado da nossa economia e lançar as bases para uma economia do conhecimento, onde as futuras batalhas do desenvolvimento se travam. Por este caminho nunca seremos uma região exportadora de tecnologia.
Nota final: este ano, pela primeira vez nas últimas 3 décadas, Portugal exportou mais tecnologia do que importou... quanto à Madeira ... já se sabe!

Universitários .... e o futuro...


A Estratégia de Lisboa, o Plano de Desenvolvimento Económico e Social (PDES), o novo Quadro Comunitário de Apoios(QREN) - são estas as políticas definidas e os instrumentos colocados ao dispor do Governo Regional - para lançar um novo modelo de desenvolvimento para a Madeira. Passar do ciclo do cimento (massa cinzenta), para o ciclo do conhecimento (massa cinzenta) parece que causa confusão na cabeça dos nossos governantes. Teimam que massa cinzenta é cimento! Que se há-de fazer?

NOVO MODELO DE DESENVOLVIMENTO PARA A MADEIRA

Os anúncios de novas infraestruturas a serem construídas pelas câmaras e governo sucedem em catadupa, no entanto o Novo Modelo de Desenvolvimento para a Madeira não aparece. Por este caminho, os nossos universitários podem esperar ... porque não haverá emprego, porque tarda e não chega, o Novo Modelo de Desenvolvimento, baseado na ciência, novas tecnologias e sociedade do conhecimento..
Sem a mudança de modelo de desenvolvimento ... é melhor os nossos universitários pensarem que vagas mesmo ... só para pedreiros!

PROFESSORA AGREDIDA NO ESTREITO ... POR ALUNA

AO QUE ISTO CHEGOU, UMA ALUNA AGRIDE PROFESSORA. O SISTEMA DE ENSINO NÃO É O CULPADO DE TUDO... HÁ ALGUNS JOVENS QUE NÃO TOMARAM CHÃ NA IDADE CERTA....

E O DÉFICE DA MADEIRA???

O Vice-Presidente do Governo no seu artigo fala dos déficie do Estado Português e muito bem ... eu pergunto qual o déficie da Madeira? Qual é o nosso déficie?? 10%..15%...

AUTONOMIA BLOQUEADA .... diz o Vice-Presidente do GR ao DN

Têm razão, eu já o havia dito ....
QUEM BLOQUEIA A AUTONOMIA?
Queremos mais autonomia dentro da autonomia, não aceitaremos uma autonomia que alguns pregam e professam, mas que é contrária à que praticam.
O PSD travou as iniciativas da oposição para rever o Estatuto Político, condição essencial para a utilização das prerrogativas constitucionais da revisão de 2004.
Foi o PSD que nesta matéria travou os avanços da Autonomia e retirou a proposta de Estatuto da Assembleia da República.
Se hoje ainda estamos reféns da revisão Constitucional de 1997 é porque este PSD não quis e não ajudou a criar condições políticas para a revisão do estatuto.
Se o PSD continuar a mostrar incapacidade de diálogo com as aposições, isolar-se, numa visão unilateral e com laivos de fanatismo, estamos condenados a uma solução de bloqueio autonómico, com a agravante de não se criarem condições para uma revisão com sucesso, em 2009.
Assim não, a Autonomia assim não avança, e não avança porque o PSD entende que a sua autonomia deve prevalecer, eliminado a autonomia dos outros.
Como sempre estamos disponíveis para os avanços da Autonomia.
Nós não estamos disponíveis para uma Autonomia bloqueada que o PSD quer manter até 2009, travando a revisão do estatuto e não criando condições para uma revisão constitucional de sucesso.
O PSD bloqueou a autonomia. Quem à bloqueou tem a chave para abrir um novo caminho nesta matéria. Ontem como hoje, queremos construir a Autonomia do Amanhã.
QUEM BLOQUEIA A AUTONOMIA?
Excerto da minha intervenção no dia 12-07-2007, na ALRAM

JARDIM CASTIGA QUEM TRAVAR ENTREGA DO ESTÁDIO in DN

O GRANDE DEMOCRATA

"será de mau gosto alguém se meter nisso, até porque pode sofrer represálias"
Alberto joão Jardim, in diário de notícias, 10-02-2008

sábado, 9 de fevereiro de 2008

PRESIDENTE DESAPARECIDO...

CONSTA POR AÍ QUE MAIS NINGUÉM VIU O PRESIDENTE DA ACIF, DEPOIS DO ACTO FALHADO DA DEMISSÃO....

IMPERTINÊNCIAS

O DESASTRE DOS SOCORRIDOS CEIFOU DUAS VIDAS! QUANDO É QUE O MINISTÉRIO PÚBLICO APANHA E PUNE OS RESPONSÁVEIS ??

PERGUNTA DO DIA

PROMISCUIDADE ENTRE O PODER POLÍTICO E O FUTEBOL

Quando é que termina a promiscuidade entre o poder político e os dirigentes dos clubes de futebol da nossa terra?

PERSONALIDADE DA SEMANA

D. ANTÓNIO CARRILHO
APESAR DE AINDA SER CEDO PARA TIRAR CONCLUSÕES, O ACTUAL BISPO DO FUNCHAL, D. ANTÓNIO CARRILHO, TEM MANTIDO UMA ATITUDE DE DISTANCIAMENTO EM RELAÇÃO AOS PODERES TERRENOS. CONTRARIANDO O SEU ANTECESSOR, SOUBE COLOCAR-SE ACIMA DE QUESTÕES POLÍTICO-PARTIDÁRIAS... É BOM QUE ASSIM CONTINUEM.

ERA CONSENSUAL, AGORA JÁ NÃO É

A SEGUIR COM ATENÇÃO... DATA DAS ELEIÇÕES...
Dá-nos conta, o semanário expresso, dos possíveis cenários das eleições Autárquicas e Legislativas a nível de calendários.
Se quando Mendes mandava no PSD ficou tacitamente assumido, entre PS e PSD, sem que ninguém oficializasse, que as eleições Legislativas seriam em simultâneo com as eleições Europeias (Junho) e as Autárquicas em Outubro, agora parece existir uma reviravolta.
O actual líder do PSD, Menezes, quer as eleições Autárquicas lá para Setembro e em Outubro as Nacionais.
Teríamos assim - Europeias, Junho - Autárquicas, Setembro - Legislativas Nacionais, Outubro.
Dava jeito ao PSD este cenário – uma vez que as Europeias e Autárquicas normalmente servem para castigar o partido do Governo…

Só que o cenário mais provável é termos eleições Autárquicas e Legislativas em simultâneo, em Outubro.
Cabe ao Governo da República marcar as eleições Autárquicas e ao Presidente da República marcar as Legislativas....
«racionalidade»
Como a Lei diz que as Autárquicas devem ocorrer entre 22 de Setembro e 14 de Outubro e a Lei para as Legislativas afirma que estas devem ocorrer entre 14 de Setembro e 14 de Outubro .... é bem provável que as eleições venham a ocorrer em simultâneo a 14 de Outubro de 2009.

MADEIRA EM ALERTA LARANJA....


AVISO


ONDULAÇÃO POLÍTICA FORTE, VENTOS ANTIDEMOCRÁTICOS - NAS ZONAS ALTAS E BAIXAS - POSSIBILIDADES DE FUSTIGAÇÃO SOBRE A OPOSIÇÃO, COM LINGUAGEM OFENSIVA, CICLONE DA CORRUPÇÃO PODE ATINGIR A MADEIRA NOS PRÓXIMOS DIAS ...

SUGESTÃO DO DIA ...

COM O FIM DO CARNAVAL VEM AI A PÁSCOA ... SE OS JORNAIS NÃO CONSEGUIREM ESCOAR OS SEUS BRINDES/PROMOÇÕES - COMO AQUELAS DAS ARVORES DE NATAL - NEGOCEIEM COM OS PRESIDENTES DE CÂMARA QUE ELES IRÃO ADQUIRIR OS ARTEFACTOS, QUE NINGUÉM QUIS, E DISTRIBUEM PELA POPULAÇÃO. O PRESIDENTE DA CÂMARA DE SÃO VICENTE ESTÁ DISPONÍVEL ... JÁ O FEZ NO NATAL.

NOTA DO DIA ....

JARDIM NÃO ARTILHOU NADA HOJE PARA DESVIAR AS ATENÇÕES DOS PROBLEMAS DA MADEIRA ....

FALTA-LHE A CRIATIVIDADE? SUGESTÕES: REPITA AS RECEITAS DE SEMPRE...
-ATAQUES A LISBOA;
-ATAQUES AO PRIMEIRO-MINISTRO;
-ATAQUES AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA;
-RELANCE A GUERRA DE DELFINS;
-ATAQUE A CONSTITUIÇÃO;
-RESPONSABILIZE A OPOSIÇÃO PELOS PROBLEMAS DA MADEIRA;
NÃO TEM QUE INVENTAR NADA!

NO USO DOS SEUS PODERES ...

SERÁ QUE O SECRETÁRIO DOS RECURSOS NATURAIS E AMBIENTE JÁ MANDOU FAZER ALGUMA COISA EM RELAÇÃO ÀS BRITADEIRAS ILEGAIS??
SERÁ QUE O SENHOR SECRETÁRIO, MANUEL ANTÓNIO, VAI GOVERNAR UM BOCADINHO??

NÚMERO DE TOXICODEPENDENTES NA RAM

Ontem a RTP-M dava conta do protocolo assinado entre a Universidade e a Polícia Judiciária e referiu na peça Jornalística que uma das matérias a ser estuda seria o número de toxicodependentes na Madeira. Se de facto assim é iremos saber como está o fenómeno aqui na Madeira. Não se consegue combater determinado fenómeno se o desconhecemos na sua plenitude. O Governo PSD que sempre quis esconder os números da toxicodependência aqui na Madeira, pode ser que agora encare a realidade de frente.
VENHA O ESTUDO!

MINISTÉRIO PÚBLICO CRIA ESPÉCIE DE DIAP

DÁ-NOS CONTA O JORNAL GRATUITO, DESTAS MUDANÇAS...
SEGUNDO O GRATUITO ESTAS MUDANÇAS SÃO CONSEQUÊNCIA DAS CRITICAS VINDAS A PÚBLICO.... PELO PS.
"uma secção fica com competência especializada para os crimes mais graves (onde se incluem os crimes económicos e financeiros), outra secção passa a dedicar-se apenas à pequena criminalidade (onde se inclui a droga e os processos sumários ou sumaríssimos), e a terceira secção é mais geral, ocupando-se dos restantes processos que não se incluem nas outras duas."
In Jornal da Madeira
SURGE ESTA RESTRUTURAÇÃO ... UMA SEMANA DEPOIS DO PS APRESENTAR NA ALRAM UMA PROPÓSTA DE COMISSÃO DE INQUÉRITO À CORRUPÇÃO.

DESGOVERNO NA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTANA

Como referi recentemente neste blog as reuniões sucedem-se em Santana dentro da família social-democrata. É um corrupio de encontros e de conspirações, uns em relação aos outros, numa lógica de sucessão do actual Presidente de Câmara. O DN confirma hoje o descontentamento em relação à Vereação camarária.

A LEI IMPÔS ... A DRAF TEM DE CUMPRIR


SINAIS EXTERIORES DE RIQUEZA


A LEI IMPÔS ... A DRAF TEM DE CUMPRIR

O FISCO DA MADEIRA, SEGUNDO UMA PEÇA DE MIGUEL TORRES CUNHA NO DN, ENVIOU 300 DENÚNCIAS AO MINISTÉRIO PÚBLICO.

UMA NOTÍCIA MUITO OPORTUNA, NUMA ALTURA EM QUE SE FALA DE CORRUPÇÃO E DE TRÁFICO DE INFLUÊNCIAS...
ESTA MEDIDA LEGISLATIVA DO PS ENTROU EM VIGOR EM 2007 E JÁ COMEÇA A DAR OS PRIMEIROS FRUTOS. NÃO HÁ JUSTIÇA SOCIAL SE NÃO EXISTIR COMBATE À EVASÃO FISCAL, OU ENRIQUECIMENTO ILÍCITO E À CORRUPÇÃO!

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

POLÍCIA JUDICIÁRIA MUDA DE INSTALAÇÕES...



O PS-M AQUANDO DA DISCUSSÃO DO ORÇAMENTO DE ESTADO INSISTIU PARA QUE O ESTADO RESOLVESSE O PROBLEMA DAS INSTALAÇÕES DA POLÍCIA JUDICIÁRIA NO FUNCHAL... RECORDAM-SE? O DIRECTOR ADJUNTO DA POLÍCIA JUDICIÁRIA INFORMOU HOJE QUE ATÉ AO FINAL DESTE ANO A POLÍCIA JUDICIÁRIA NA MADEIRA IRÁ MUDAR DE INSTALAÇÕES.


AQUELAS INSTALAÇÕES JÁ NÃO TINHAM CONDIÇÕES. FINALMENTE DEPOIS DE MAIS DE 40 ANOS ALÍ INSTALADAS O ESTADO ASSUME AS SUA RESPONSABILIDADES.

NÃO É POR ACASO!

JÁ VALEU A PENA!


A FIXAÇÃO NAS "COISAS" DA IMPRENSA ...

TEM UMA FIXAÇÃO EM MATÉRIA DE IMPRENSA .... TRABALHA SÓ PARA A IMPRENSA, TENTANDO A TODO O CUSTO APARECER .... QUE TAL SE GOVERNASSE UM BOCADINHO E RESOLVESSE O CASO DA BRITADEIRA DE MACHICO... E JÁ AGORA DAS EXTRACÇÕES DE INERTES NO FAIAL...

PARCERIAS PÚBLICO/PRIVADAS....

O CASO DA BRITADEIRA ILEGAL EM MACHICO .... SERÁ UMA PARCERIA PÚBLICO/PRIVADA??
A CÂMARA LARANJA SABE, MAS NÃO ACTUA!
O GOVERNO LARANJA SABE, MAS NÃO ACTUA!
PARCERIA PÚBLICO/PRIVADA ................ NATURALMENTE EM MATÉRIAS DE ILEGALIDADES!

CASOS DA VIDA REAL...

O ANTÓNIO DO CABEÇO E O JOSÉ DOS ANZOIS CRIAM UMA BRITADEIRA ALGURES NA ILHA, E NÃO PEDEM O LICENCIAMENTO A NENHUMA AUTORIDADE.
QUANTOS DIAS É QUE ESSA BRITADEIRA PERMANECE EM LABORAÇÃO, SEM QUE A CÂMARA OU O GOVERNO INTERVENHAM E FECHEM A REFERIDA INFRAESTRUTURA???
UMA SEMANA, DUAS NO MÁXIMO?
QUANDO NÃO SE TRATA DO ANTÓNIO DO CABEÇO E DO JOSÉ DOS ANZOIS .... A ILEGALIDADE TORNA-SE LEGAL! PERDURAM NO TEMPO... SEM QUE NINGUÉM LHES TOQUE...

AS RESPONSABILIDADES .....

AS RESPONSABILIDADES DE CUMPRIR E FAZER CUMPRIR A LEI NÃO SE APLICAM AOS NOSSOS GOVERNANTES?

PERGUNTA DO DIA?

O SENHOR SECRETÁRIO REGIONAL DOS RECURSOS NATURAIS, MANUEL ANTÓNIO, E O PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE MACHICO, EMANUEL GOMES, VÃO FICAR CALADOS E NÃO INTERVÊM NO SENTIDO DE ACABAR COM A BRITADEIRA ILEGAL?

NOVA GERAÇÃO DE SOCIEDADES DE DESENVOLVIMENTO

O PS APRESENTOU HOJE, NA ALRAM, UMA PROPOSTA PARA A REALIZAÇÃO DE UM ESTUDO, COM VISTA À FUSÃO, MUDANÇA DO MODELO E DOS OBJECTIVOS DAS ACTUAIS SOCIEDADES DE DESENVOLVIMENTO...
PARA COMEÇAR ACABAM-SE COM AS 4 ADMINISTRAÇÕES DAS SOCIEDADES ... E COM OS CHORUDOS ORDENADOS......

REPRESENTANTE DE QUÊ?

A ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA LÁ APROVOU O NOVO ESTATUTO DE REPRESENTANTE NA REPÚBLICA .... VAMOS VER SE HÁ PROPOSTAS NA ESPECIALIDADE PARA CORRIGIR AS ENFERMIDADES QUE AINDA PERSISTEM .... OU VÃO TODOS OS PARTIDOS SE SUBMETEREM ÀS IMPOSIÇÕES DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA, NESTA MATÉRIA???

BRITADEIRA ILEGAL ....

SEGUNDO O DN DE HOJE HÁ UMA BRITADEIRA ILEGAL A FUNCIONAR EM MACHICO.
A CÂMARA E O GOVERNO REGIONAL LAVAM AS MÃOS....
A SECRETARIA REGIONAL DOS RECURSOS NATURAIS E AMBIENTE É CÚMPLICE ... PORQUE NÃO FISCALIZA...
AS AUTORIDADES JUDICIÁRIAS LAVAM AS MÃOS PERANTE MAIS ESTA DENÚNCIA PÚBLICA????