segunda-feira, 7 de outubro de 2013

DESEJO AO PSD-MADEIRA MUITAS VITÓRIAS COMO ESTA!

PSD torna a dizer que é a força política com mais autarquias na Madeira

Em comunicado, Secretariado social-democrata critica os que se auto-intitularam vencedores


O PSD-Madeira emitiu hoje um comunicado, intitulado ‘Lá voltamos ao mesmo...’, via Secretariado Regional do partido, em que ataca o PS-Madeira, acusando-o de continuar na "distorção da verdade", o que indicia já, segundo os sociais-democratas, "maus prenúncios para algumas responsabilidades que tem de assumir".
"Apesar de a população ter identificado erradamente o PSD-Madeira com as políticas, por este contestadas, da coligação Passos Coelho/CDS, e embora perdendo sete Câmaras devido à concentração do ‘voto útil’ numa só força oposicionista em cada localidade, os autonomistas sociais-democratas são o partido mais votado na Região e titulam importantemente sessenta por cento das freguesias”, pode ler-se no comunicado.
Na RAM, “o PSD é o partido mais votado, ao nível das percentagens dos resultados nacionais do Partido Socialista, resultados estes com que os socialistas se proclamaram vencedores à escala do País”.
O PSD-Madeira, tal como tem o feito nos últimos dias, sobretudo através do líder Alberto João Jardim, torna a afirmar: “Mas nem por isso e apesar de ser a força política com mais Câmaras, o PSD-Madeira cai no ridículo de se auto-intitular ‘vencedor’, como é habitual no PS e CDS”, referindo-se também implicitamente às declarações proferidas neste fim-de-semana pelo líder socialista, Victor Freitas.
“Chama-se a atenção para as habituais manipulações dos socialistas locais, que vão ao atrevimento de chamar seus, a totalidade dos votos de outros movimentos ou coligações, que de forma alguma lhe pertence”, termina o comunicado.

Victor Freitas diz que o PS foi o grande vencedor das autárquicas


Comissão Política Regional dos socialistas reuniu esta noite no Funchal para analisar os resultados eleitorais

 O líder dos socialistas madeirenses considera que “o grande vencedor” da noite eleitoral na Madeira foi o PS. Para tal, Victor Freitas argumenta com as vitórias alcançadas nas câmaras municipais de Machico, Porto Moniz e Porto Santo, e também com o facto de o partido “liderar” a coligação no Funchal e ter apoiado “desde a primeira hora” os movimentos de independentes que venceram em Santa Cruz e São Vicente.
“O Partido Socialista é, assim, a principal força autárquica da Região Autónoma da Madeira”, vincou o dirigente em jeito de balanço da reunião de Comissão Política Regional, que debate esta noite os resultados eleitorais.
Victor Freitas considerou, ainda, que este resultado não foi fruto "de uma mudança do delfinato do PSD", mas sim "contra o PSD e contra esse 'delfinato' do PSD".

A MUDANÇA ACONTECEU!!