Mensagens

A mostrar mensagens de 2011

Economia - Dívida da Madeira aumentou 200 milhões de euros em 4 meses - RTP Noticias, Vídeo

Victor Freitas, Apresentação Moção Ciclo de Mudança, 05-12-2011

Imagem

APRESENTAÇÃO DA MOÇÃO

Imagem

CICLO DE MUDANÇA

Imagem
Amanhã darei entrada da minha candidatura a Presidente do PS-Madeira e da Moção de Estratégia Global. Depois disponibilizarei aquelas que são as nossas ideias para Mudar o PS e iniciar um Ciclo de Mudança para a Madeira. Nos próximos dias irei realizar a apresentação pública da Moção com a presença de Militantes e Independentes.

Orçamento de Estado 2012

Imagem
IVA NA RESTAURAÇÃO E NA HOTELARIA
Ontem o PSD/CDS-PP aprovaram o aumento do IVA para a restauração. Esta medida terá graves impactos na Madeira. Haverá mais falências no pequeno comércio e hotelaria, com dispensa de pessoal e consequente aumento do desemprego. O PSD/CDS-PP vão dar cabo da nossa economia muito dependente do turismo e da restauração.

ENCRUZILHADA

Imagem
O PROBLEMA SÓ SE RESOLVE ARRANCANDO A SUA RAIZ
A Madeira vive o pior momento da sua história moderna a todos os níveis. Temos uma dívida financeira no sector público que a Região não têm nem meios, nem recursos para pagar. Vivemos os últimos 10 anos a ir à banca pedir emprestados mais 500 mil euros anuais. O Governo PSD/CDS-PP na república Já afirmou e reafirmou que a Madeira “é responsável pelas dívidas que acumulou e pelas que venha a contrair” e ainda que “é da responsabilidade da região explicar como vai assegurar o pagamento da sua dívida e juros”.
É nesta situação que estamos. Se o caminho for este e se, de facto, o Governo do PSD/CDS-PP manter esta linha o Governo de Alberto João Jardim, que é o único responsável pela actual situação, está em muitos maus lençóis. Pior que eles, estará todo o povo Madeirense. A estratégia do PSD será claramente tentar responsabilizar o Governo do PSD/CDS-PP de Lisboa.
Sei que não há forma de sair desta situação sem a solidariedade nacional, que é a…

ARRASTANDO O NOSSO FUTURO

Imagem
O tempo vai passando. São muitas as questões por responder. Há negociações em curso com o Governo PSD/CDS-PP. Ninguém sabe o que o futuro nos reserva. Mas os madeirenses querem e precisam de saber o que passa. O homem que outrora era tão lesto em dar declarações a torto e a direito quedou-se num silêncio aflitivo e de mau augúrio. Uma estratégia obscura e confusa. Uma estratégia nada democrática esta para aonde se deixou arrastar Alberto João Jardim. E com ele e nesta péssima estratégia também se arrasta o presente e o futuro de todos nós…

PS manda o regimento da Assembleia para o Tribunal Constitucional

Imagem
Quórum não pode ser de um terçoO artigo 52º do Estatuto Político Administrativo da Madeira determina o seguinte: 'A Assembleia Legisaltiva considera-se constituída em reunião plenária encontrando-se presente a maioria dos seus membros'. Uma norma que choca, claramente, com o que foi aprovado, ontem, pelo PSD, na revisão do regimento da ALM. Os social-democratas pretendem que o parlamento possa funcionar com um quórum mínimo de apenas um terço dos deputados eleitos (16).O Estatuto determina que seja a maioria dos deputados, o que obriga à presença de pelo menos 24 dos 47 deputados da ALM. Esta situação foi referida numa conferência de imprensa do grupo parlamentar do PS-M que anunciou o envio do regimento da ALM para o Tribunal Constitucional.Victor Freitas garante que o regimento, aprovado apenas com os votos do PSD, é ilegal e o seu partido, depois da publicação do documento no Diário da República, vai pedir a intervenção do TC.Por outro lado, os socialistas, como referiram o…

Debate do Regimento da ALRAM

Imagem
"A responsabilidade de estarmos, hoje, à mercê dos humores de Pedro Passos Coelho e de Victor Gaspar é dos deputados do PSD que, ao longo dos anos, não permitiram a fiscalização das acções do Governo", afirmou o deputado Victor Freitas.

NOVO REGIMENTO PARA A ALRAM

Imagem

CONGRESSO REGIONAL DO PS-MADEIRA

Imagem
Bancada do PS ao lado de Victor Freitas


Victor Freitas e Francisco Dias deverão ser os únicos candidatos à liderança


A menos de um mês das eleições directas que irão escolher o novo líder do PS-M, Victor Freitas começa a apresentar apoios de alguns dos militantes mais destacados do partido. O grupo parlamentar na Assembleia Legislativa, segundo o candidato à liderança socialista, estará, na total...idade, ao seu lado.A única excepção entre os deputados seria Jacinto Serrão, que garantiu total independência em relação às várias candidaturas, mas a ida do ainda presidente do PS-M para o parlamento nacional permite a Victor Freitas fazer o pleno da bancada.Carlos Pereira, Isabel Sena Lino, Carina Ferro, Maximiano Martins e Avelino Conceição, estarão entre os apoiantes da candidatura. A única surpresa será Avelino Conceição que nas últimas eleições internas, entre Victor e Jacinto Serrão, terá sido decisivo para virar o resultado final a favor do ainda presidente do partido. Desta vez, o p…

Representante da República indigita hoje Jardim a formar Governo | DNOTICIAS.PT

Representante da República indigita hoje Jardim a formar Governo | DNOTICIAS.PT
O Representante da República para a Madeira, Ireneu Barreto, recebe hoje o presidente do PSD-M, Alberto João Jardim, para indigitá-lo a formar o XI Governo Regional da RAM, na sequência da vitória eleitoral obtida a 9 de Outubro.O PSD-Madeira obteve nesse sufrágio 48,5% dos votos, o que representou a décima maioria absoluta em eleições legislativas regionais, elegendo 25 dos 47 deputados que compõem a Assembleia Legislativa desta região.O Representante da República convocou na passada semana os representantes dos partidos com assento parlamentar que, à excepção do PND que recusou o convite de Ireneu Barreto, concordaram com a regra democrática do partido mais votado escolher o presidente do Governo Regional.O PSD-M, que se fez representar por Miguel de Sousa e Jaime Filipe Ramos, mais uma vez indicou o nome de Alberto João Jardim, o líder do partido com 68 anos que desde 1978 é o chefe do Executivo madeiren…

Ciclo de Mudança

Imagem
O Início de um Ciclo de Mudança para a edificação da Madeira do Futuro. Um projecto que conta com todos, militantes e cidadãos sem filiação partidária, um projecto de inclusão democrática para a Madeira, onde todos os que se revêem na esquerda democrática têm lugar e espaço de participação cívica e política. Conto com todos.

Ciclo de Mudança

Imagem
O Início de um Ciclo de Mudança para a edificação da Madeira do Futuro. Um projecto que conta com todos, militantes e cidadãos sem filiação partidária, um projecto de inclusão democrática para a Madeira, onde todos os que se revêem na esquerda democrática têm lugar e espaço de participação cívica e política. Conto com todos.

Política - PS-Madeira acusa CDS de desejar coligação co Jardim - RTP Noticias, Vídeo

Victor Freitas, PSD-Madeira quer coligar-se com o CDS-PP Madeira, 23-09-...

Imagem

FRAUDE ELEITORAL!!!

Imagem

FRAUDE ELEITORAL EM GRANDE ESCALA

Imagem
Se não for conhecido o Plano de Resgate para a Madeira antes das eleições. Ser o Primeiro-Ministro e Presidente da República não tonarem públicas os sacrifícios que nos serão impostos a partir antes do acto eleitoral, considero as eleições uma fraude eleitoral, patrocinada por estes órgãos de soberania e pelo PSD e CDS de lá do continente e de cá da Madeira!

Resgate só depois dos votos | DNOTICIAS.PT

Resgate só depois dos votos | DNOTICIAS.PT
Resgate só depois dos votos Madeirenses vão saber quanto devem a 9 de Outubro, mas não como vão pagar
O plano de estabilização financeira para a Região Autónoma da Madeira só vai ser conhecido depois das eleições. A garantia foi dada ontem por fonte do gabinete do primeiro-ministro, que justificou a data com a condição de ser discutido com o "novo Governo eleito". A mesma fonte reiterou, contudo, que a auditoria às contas da Região vão ser conhecidas até ao final do mês. Ou seja, os madeirenses vão votar sabendo o que devem, mas desconhecendo por completo os sacrifícios com que a vão pagar, ao contrário do que aconteceu nas legislativas, em que o memorando com a 'troika' foi assinado por três partidos: PS, PSD e CDS:
Há uma semana, Pedro Passos Coelho afirmou na Assembleia da República que não só seria conhecida até ao final do mês a real situação económica da Madeira, como também o programa de ajustamento macroeconómico.Passos …

MADEIRA - OS NÚMEROS DA DÍVIDA!

Imagem

Cada madeirense deve 30 mil euros, o dobro da média nacional

Imagem
Por Tolentino de Nóbrega
A dívida da Madeira duplicou em cinco anos, atingindo 8000 milhões. A situação "é insustentável" e impõe um rigoroso programa de resgate

Cada residente na Madeira deve 30.480 euros, treze vezes mais do que há 20 anos, não incluindo a fatia que lhe cabe da dívida pública nacional repartida por toda a população portuguesa. Com 262.456 habitantes apurados nos Censos 2011, a Região Autónoma da Madeira (RAM) tem uma dívida global estimada em 8000 milhões de euros. No final de Julho, a dívida directa do Estado atingiu os 172.393,2 milhões, que repartidos pelos 10.714.142 portugueses dá 16.090 euros a cada.

Tendo por comparação a dívida da outra região autónoma nacional, a dos Açores, constata-se que o seu valor per capita é 39,8% da madeirense e inferior à média nacional. Cada um dos 246.102 habitantes dos Açores deve 12.149 euros, isto se considerarmos a estimativa mais pessimista de 2990 milhões para a dívida global (475 milhões de euros de dívida directa, …

Victor Freitas, XVIII Congresso do PS, 10-9-2011

Imagem

A CAIXA DE PANDORA

Imagem

O MENTIROSO COMPULSIVO!

Imagem
Guterres pagou a dívida da Madeira, Alberto João Jardim Disse" enquanto eu for Presidente do Governo a Madeira não voltará a ter uma dívida tão grande". Depois criou uma dívida e responsabilidades financeiras 10 vezes superior! Agora há um memorando a assinar e há compromissos a assumir eu pergunto se a palavra de Alberto João Jardim e a sua assinatura valem alguma coisa??? É lógico que não! Há um pormenor importante, quando O governo PSD criou o endividamento zero, era Ministra das Finanças Manuela Ferreira Leite, Alberto João não cumpriu a Lei de Enquadramento Orçamental e criou novas dívidas. Agora que credibilidade tem para honrar qualquer compromisso a ser estabelecido com as instituições financeiras? Nenhuma!!!!!! http://www.facebook.com/groups/146734662082956/

FRAUDE ELEITORAL EM GRANDE ESCALA

Imagem

OBRAS A MAIS, TRABALHOS A MAIS E HORAS A MAIS - DINHEIRO A MENOS!

Imagem
É necessário concluir as obras a tempo das eleições! As inaugurações eleiçoeiras assim o determinam com custos em duplicado ou em triplicado. Quem paga somos nós! Quem tiver olhos na cara vê na cota 500, no cais norte, junto à discoteca Vespas ou nos túneis Santana/São Vicente etc. o corrupio e rodopio nocturno e diurno, até durante os sábados e domingos, para concluir as obras atempo de inaugurar. Não haveria nada de estranho a não ser o facto de esta correria custar milhões de euros aos contribuintes. Alguns dirão que os trabalhadores ganham mais algum com as horas a mais, não é verdade: primeiro não lhes estão a pagar a tempo e horas o vencimento e, muito menos, as horas extraordinárias, segundo os prazos de conclusão das obras são encurtados e o mais certo é depois de Outubro irem para o desemprego. Nesta matéria há uma atitude criminosa por parte do Presidente do Governo, criminosa sem aspas.

Madeira vai ter plano de resgate | DNOTICIAS.PT

Madeira vai ter plano de resgate | DNOTICIAS.PT
O mais grave de tudo é que até o Governo Português do PSD/CDS não assume a Madeira e o nosso problema Financeiro, dentro do pacote de ajuda Nacional, até o Governo do PSD virou as costas à Madeira e ao Governo PSD de cá, trata-nos como um caso à parte, como se não fossemos parte integrante de Portugal, a independência pedida por Jardim já está a dar maus resultados para os Madeirenses, o Estado o que nos está a dizer é paguem vocês a divida! O presidente da Republica ainda não falou, mas refazendo a afirmação dita na tomada de Posse passa a ser a seguinte: HÁ UM LIMITE DE SACRIFÍCIOS QUE SE PODEM PEDIR AOS PORTUGUESES DO CONTINENTE, OS PORTUGUESES DA MADEIRA QUE PAGUEM AS SUAS DÍVIDAS!

Madeira vai ter plano de resgate | DNOTICIAS.PT

Madeira vai ter plano de resgate | DNOTICIAS.PT
Região vai ter de pedir ajuda financeira à República e às instâncias internacionais, à semelhança do que fez o Estado. A Madeira vai ter um plano de resgate para sanear as finanças públicas à semelhança do Estado português. A garantia foi dada á minutos pelo ministro das Finanças Vítor Gaspar, que considerou a situação da Região "de crise" e "insustentável".O ministro confirmou o novo buraco noticiado hoje pelo Diário de Notícias nacional, que eleva assim o desvio nas finanças públicas regionais para 500 milhões. Só um plano de resgate com a República e os parceiros internacionais pode garantir "um ajustamente bem sucedido", disse o governante em Lisboa.Vítor Gaspar afirmou também que têm de ser as Regiões Autónomas a tomar iniciativa de pedir ajuda, mas salutou a boa cooperação existente. Para além disso, deixou claro que a situação dos Açores é diferente. http://www.dnoticias.pt/actualidade/politica/280744-…

TUDO A RUIR!

São as dívidas encobertas que agora se descobrem, são os buracos financeiros que andavam ocultos no conhecimento de poucos que hoje são uma realidade para muitos, são as empresas afogadas pelos calotes do Governo que manda o nosso povo para o desemprego, é a RTP-M agora numa versão reduzida a 4 horas de existência, é o Centro Internacional de Negócios da Madeira que caminha para a inexistência, é a loucura de um homem agarrado à sua teia tecendo o nosso sombrio destino.... é tudo isto mas falta mais: as medidas de austeridade que chegarão com o Orçamento Regional lá para depois das eleições. Ainda aqui vamos!

Trata os ricos como pobres e os mais desfavorecidos como ricos.

Imagem
Nos dois meses de governação, este Governo já tem uma marca: trata os ricos como pobres e os mais desfavorecidos como ricos.Os ricos ficam imunes aos sacrifícios. Aos que têm pouco, os trabalhadores e pensionistas, a esses o Governo exige o exclusivo dos sacrifícios.Todos os dias conhecemos novas medidas que pioram o nível de vida dos trabalhadores e pensionistas. A sobretaxa de IRS, equivalente a metade do subsídio de natal, criada por este governo veio impor mais sacrifícios aos portugueses que vivem do seu salário, ao mesmo tempo que salvaguardou os que obtêm uma parte significativa do seu rendimento na forma de dividendos e juros.No momento certo, o Partido Socialista apresentou propostas para que, uma vez havendo aumento de impostos, esse aumento fosse o mais equitativo possível.As nossas propostas foram chumbadas pela maioria de direita por pura insensibilidade social e radicalismo ideológico.É óbvio que uma distribuição injusta dos sacrifícios não é socialmente sustentável, nem…

QUEM PAGA, COMO PAGA E DE QUEM É O BURACO???

Imagem

NA ILHA DA FARSOLÂNDIA

Imagem
NA ILHA DA FARSOLÂNDIANasci na Terra da farsolândia, aqui cresci e me fiz homem. Despertei para a vida política e comecei a olhar em volta com um espírito aberto, mas crítico. Nesta Terra onde todos pensam no que dizem, mas não dizem o que pensam, quedei-me em reflexões sobre este estranho modo de ser e de agir. Senti que faltava autenticidade às pessoas, que havia um mundo de enganos entre o que se dizia e o que se fazia. Deparei-me com paradoxos em todas as esquinas e o maior de todos é que na farsolândia tínhamos um chefe que era idolatrado por muitos na razão inversa das suas qualidades. Quanto pior se portava o dito, mais farsovotos tinha, quanto mais prejudicava a farsolândia mais poder acumulava, quanto mais dívidas criava para deixar às futuras gerações de farsolandenses, mais esses jovens o idolatravam, quanto mais ele atacava a democracia mais farsodemocratas o rodeavam, quando mais ele excluía e perseguia mais farsomimos recebia, quanto mais atacava a comunicação social mai…

Uma primeira análise à sondagem

Imagem
O PSD mantém a maioria absoluta, perde 7,64% dos votos face às eleições de 2007.O PS-M sobe 0,5% dos votos face aos resultados de 2007%.O CDS de 5,34 que obteve em 2007 passa para 10,2%.PCP que obteve 5,44% dos votos em 2007 desce para 3.9, perdendo 1,55% do seu eleitorado.O BE que obteve 2,98% em 2007 dos votos, nesta sondagem perde 0,1% dos votos.Os restantes partidos que tiveram 4,34% dos votos(MPT + PND) em 2007, passaria agora para 8,8% dos votos incluindo os novos partidos concorrentes(PAN+PTP+PND+MPT).Votos perdidos pelo PSD-MSe partirmos do pressuposto que os votos perdidos pelo PSD são reais e ignorarmos os votos perdidos pelo PCP e BE, porque normalmente têm mais votos reais que nas sondagens, chegamos à seguinte conclusão:Por cada 100 votos perdidos pelo PSD o CDS vai buscar 63,5 votos, PS vai buscar 7,5 votos ao PSD, os pequenos partidos (PAN+PTP+PND+MPT) vão captar 29 votos perdido pelo PSD. A fuga de votos do PSD beneficia o CDS em 1º lugar, O PS e depois os pequenos par…

Adesão de Carlos Pereira ao PS é mais-valia, Considera Victor Freitas

Imagem
O ex-candidato a líder do PS-Madeira, Victor Freitas considera que a adesão de Carlos Pereira à militância do PS constitui uma mais-valia para o partido. Até porque, disse, já era mais militante do que certos militantes antes de o ser.Questinado sobre o 'timing' escolhido por Carlos Pereira, Victor Freitas admitiu que não se trata de oportunismo face às eleições regionais de Outubro mas de um percurso normal de adesão ao projecto socialista. A propósito, disse que foi esse o caminho (de independentes a militantes) escolhido por outros quadros do PS como Bernardo Martins, Isabel Sena Lino, José António Cardoso, Emanuel Câmara ou o próprio Maximiano Martins.Victor Freitas admite que Carlos Pereira foi movido pelo projecto de candidatura de Maximiano Martins à presidência do Governo Regional. "É um projecto em que ele acredita. É essa a leitura que faço", disse.Sobre a possibilidade de Carlos Pereira vir a assumir, futuramente, um alto cargo dirigente no PS-Madeira, inc…

SEGURO ARRASA ASSIS

Imagem

ANTÓNIO JOSÉ SEGURO É PREFERIDO PELO ELEITORADO DO PS

Imagem
Sondagem CM: Seguro ganha a Assis no PS
Sondagem CM: Seguro ganha a Assis no PSAntónio José Seguro recolhe 42,3% das preferências dos eleitores do PS. Francisco Assis perde por mais a nível nacional.António José Seguro é o grande favorito para as eleições directas de 22 e 23 de Julho no Partido Socialista, com 7,4% de vantagem sobre Francisco Assis. Segundo os números da sondagem CM/Aximage, 42,3% dos eleitores socialistas escolhem Seguro como o “melhor líder do PS” contra 34,9% que preferem Assis. A vantagem de António José Seguro sobre Francisco Assis é ainda maior quando se faz a pergunta a nível nacional, sem ter em conta as opções partidárias de quem responde. Neste caso, Assis desce para os 30,6% e Seguro estabiliza nos 42,2% - quase 12 por cento de diferença entre os dois candidatos. Curiosamente, Seguro sobe para 50% nas preferências dos eleitores do PSD e são apenas 34,6% os sociais-democratas que iriam votar em Francisco Assis. A sondagem exclusiva da Aximage para o Correio …

PS quer fazer contas às dívidas de Lisboa para a agricultura | DNOTICIAS.PT

PS quer fazer contas às dívidas de Lisboa para a agricultura | DNOTICIAS.PT
"O senhor secretário já levou esta questão a 10 Festas da Banana, 10 Festas da Cebola, 10 Feiras do Gado, onde vai levar mais uma vez no próximo fim-de-semana, meia dúzia de Festas da Cereja, cinco Festas da Cebola, à Festa da Castanha, até à Festa do Limão e se houver Festa do Brigalhó também vai levar, além de ter emitido 59 comunicados de imprensa". O levantamento das intervenções de Manuel António Correia sobre a dívida do Estado à Região, para comparticipação de programas de apoio à agricultura, foi feito por Victor Freitas, na defesa de um requerimento para criação de uma comissão de inmquérito a esta situação.O deputado socialista estranha que a questão nunca tenha sido esclarecida no parlamento e que o Governo Regional continue a reclamar, há vários anos, 30 milhões de euros. Para isso, defende uma comissão de inquérito para resolver a questão e "pôr a agrilcutura a florir".

DIA DO SILÊNCIO

Imagem
O dia da Região é o dia de todos nós Madeirenses, não é o dia daqueles que se acham dono da Autonomia. Entendeu o PSD de calar as oposições no dia da Região, retirando a palavra os legítimos representantes dos Madeirenses. O PS, juntamente com o PCP, BE, PND acordaram entre todos não comparecer a estas silenciosas festividades. em 2006. No ano passado em 2010 o PS resolveu voltar a marcar presença no acto pouco solene do dia da Região. Eu pela minha parte entendo que nada mudou, face a 2006, que nos levasse a participar silenciosamente no dia da Região, por isso não estive presente nas cerimónias. Ninguém esperaria outra atitude da minha parte.
PS: Os vereadores da oposição no Concelho de Santa Cruz não foram convidados! Palavras para quê.....

António José Seguro, candidato a secretário-geral do PS,na Madeira

Imagem
António José Seguro, candidato a secretário-geral do PS, afirmou este domingo ser defensor da autonomia regional, numa apresentação do seu programa no Funchal.

Seguro apresentou a moção Um Novo Ciclo com o apoio do líder regional do partido, Jacinto Serrão. «Sou um defensor da autonomia regional, mas não para agradar aos madeirenses. Na minha concepção de Estado moderno, é indispensável que as comunidades políticas que têm determinadas características de unidade regional tenham possibilidade de serem dotadas de governos próprios, tenham competências próprias e orçamentos e recursos para melhor executarem o investimento público e resolver os problemas das pessoas», defendeu.

O candidato à liderança do PS disse também concordar com Mário Soares, que sábado defendeu uma refundação do partido. «É indispensável que o PS proceda a uma actualização da sua proposta política, em respeito pelos seus valores de sempre e fundacionais», comentou.

Por fim, uma «bicada» a Passos Coelho: «Viajei em clas…

Política - António José Seguro defende maior abertura do partido aos cidadãos - RTP Noticias, Vídeo

POR : JOSÉ MAGALHÃES

Imagem
I No rescaldo das derrotas eleitorais,a inevitável necessidade de "cura de oposição" convida à autocrítica sobre políticas falhadas e à valorização de sucessos. Mas o êxito da cura depende decisivamente de quem lidera o processo.
A boa liderança nunca esquece que a mais devastadora derrota não apaga as "marcas de mudança" capazes de servir de esteio à crítica sólida ao novo Governo e preservar a autoestima e identidade política.No caso do PS, o seu papel-chave no sistema político mantém-se e a sua "marca" tem a responsabilidade de assegurar oposição eficaz e a alternância, um dia.
Já aconteceu antes, mas acontece agora sob forma inédita.A primeira responsabilidade do PS começa a exercer-se já,em ritmo acelerado pela necessidade de não deixar a coligação de direita de mãos livres nos meses iniciais de "governação partilhada" com a troika.O PS conhece como ninguém as metas e prazos que negociou ( e também o que não negociou nem aceitou) e tem o de…

CARTA DE CHAMADA

Imagem

APRESENTAÇÃO DA CANDIDATURA DE ANTÓNIO JOSÉ SEGURO

Imagem

A NOSSA FORÇA.... O VOTO!

Imagem

As parcerias público-privadas na Madeira custam mais de 3500 milhões de euros nos próximos 25 anos.

http://economia.publico.pt/Noticia/publicoprivadas-na-rodovia-custam-3500-milhoes-de-euros-a-madeira_1496684
As parcerias público-privadas (PPP) para a exploração e manutenção da rede viária regional representam para a Madeira um custo superior a 3500 milhões de euros nos próximos 25 anos. Este montante corresponde ao quádruplo do encaixe financeiro que o Governo madeirense obteve com estas operações, criticadas pelo Tribunal de Contas por violarem os limites de endividamento da região e comprometerem o futuro das próximas gerações.

JÁ CHEGAMOS A ISTO????

Imagem
http://www.dnoticias.pt/impressa/diario/266765/politica/266794-fundacao-sem-dinheiro-para-pagar-bolsas
Há nove meses que os bolseiros da Fundação Social Democrata estão à espera de receber a bolsa de 100 euros mensais que aquele organismo atribui há cinco anos.
São mais de duas centenas de alunos que contabilizam, cada um, 900 euros de bolsa por pagar.
O DIÁRIO tentou saber os motivos do atraso e depois de vários contactos, que passaram por André Freitas e Jaime Ramos, respectivamente funcionário e presidente da Fundação, finalmente Armando Abreu revelou que na origem do atraso estão incumprimentos nos contratos de cooperação que aquele organismo estabeleceu com empresas e particulares para fazer face à atribuição de bolsas de estudo.Ou seja, o velho problema das dívidas que se vão acumulando entre empresas e instituições e que levam a um somar de incumprimentos. Armando Abreu diz que a Fundação tem todo o interesse em cumprir com os seus compromissos, principalmente quando eles decorre…

Constitucional impõe cortes aos salários dos políticos da Madeira - Política - PUBLICO.PT

Constitucional impõe cortes aos salários dos políticos da Madeira - Política - PUBLICO.PT
"O Tribunal Constitucional não declarou inconstitucional, como pretendia a Assembleia Legislativa da Madeira, a extensão a esta região da medida que reduz em cinco por cento os salários dos titulares dos cargos políticos."