sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Roteiro para o crescimento

Socialistas foram recebidos pelo Grupo Blandy. FOTO TERESA GONÇALVES

PS vai propor "roteiro para o crescimento"


Victor Freitas defende apoios comunitários dirigidos às empresas


"Neste programa de ajustamento não há uma visão em relação à economia da Madeira, a não ser cortes em cima de cortes, que irão criar graves constrangimentos sociais". A conclusão é de Victor Freitas que defende que o futuro quadro comunitários de apoios deve ser dirigido às empresas, para garantir a manutenção de postos de trabalho e o crescimento da economia regional. No entanto, alerta os empresários para abandonarem o princípio da "subsídiodependência".

O PS-M quer criar um "roteiro de crescimento económico" e para isso está a ouvir empresários, de diversos sectores. Ontem, uma delegação do partido foi recebida pelo presidente do Grupo Blandy, Michael Blandy, com quem abordou a vertente das exportações, no mercado do turismo e dos vinhos.

Victor Freitas destacou a necessidade de ser avaliada a oferta turística, nomeadamente ao nível da alteração sofrida pela paisagem da Região e dos produtos que são apresentados.

O facto de grande parte dos turistas que visitam a Madeira terem mais de 55 anos obriga, segundo o líder socialista, a adaptar a oferta de produtos e programas turísticos.

Em relação Vinho Madeira aponta a necessidade de apoiar as empresas exportadoras, nomeadamente ao nível dos transportes.
O PS-M vai prosseguir os contactos com empresas de transportes, hotelaria e de outras áreas.

Sem comentários: