terça-feira, 25 de janeiro de 2011

As “presidenciais” na Madeira

Artigo de jardim no Jornal pago por todos nós.
Claro que eu assumo as minhas responsabilidades. Reconheço que, de facto, produzi intervenções públicas no sentido de dizer que o candidato da extrema-direita era também o candidato dos socialistas, invocando a tal “plataforma”, precisamente para arrasar os Partidos da pseudo-“esquerda”. E se esta levou “um banho”, nunca me passou pela cabeça que os resultados da criatura fossem tão longe.

Sem comentários: