segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

TRAGÉDIA SOCIAL

Esta situação é gritante e não há memória desde a implementação da democracia de uma situação de tragédia social desta envergadura. A Madeira era uma Região pobre, mesmo muito pobre, com o 25 Abril de 1974 foi-nos dada A
utonomia política, passamos a decidir os nossos destinos, a ter a nossa estratégia de desenvolvimento e um Orçamento Regional com a solidariedade do Estado Português. Milhões e milhões de euros entraram na Madeira para construirmos o nosso progresso e bem-estar. Em 1986 aderimos à União Europeia, com essa adesão recebemos milhões e milhões de euros para desenvolvermos a nossa economia e para sairmos do atraso ancestral em que vivíamos. Hoje quem olha para estes 36 anos de Autonomia, dos milhões e milhões de euros colocados à nossa disposição deve-se perguntar quais as razões para estarmos nesta situação. O PSD deu claramente cabo da Madeira e ainda nos deixa uma divida colossal de 6500 milhões de Euros, cujo serviço da dívida consome 55% da nossa riqueza gerada e paga em impostos. Se há pessoas que ainda continuam a apoiar o PSD-M, depois do que fizeram a nossa Madeira, é caso para perguntar:



Quem são os traidores dos Madeirenses?



Será que essa gente, que fez isto à nossa terra e enriqueceu à custa da miséria que hoje vivemos, não deveria prestar contas à justiça?

Sem comentários: