quinta-feira, 25 de março de 2010

NÃO PODE HAVER CEDÊNCIAS


O PSD-M disse que não viabilizaria o nome de Bernardo Martins para Vice-Presidente do Parlamento. É meu entendimento que não se muda de candidato a pedido do PSD-M.
Expressei a minha opinião nos momentos e locais próprios de que o PS-M não cede, nem pode ceder, à chantagem do PSD-M.
A Direcção Política do meu partido entendeu de forma diversa da minha e apresentou outra candidatura - a de Jacinto Serrão, com o pressuposto de existir uma única votação.
Como todos sabemos o partido maioritário, mais uma vez, inviabilizou a nossa candidatura.
Ontem e muito bem o Presidente do PS-M afirmou duas coisas:
  • Não aceitaria uma segunda votação;
  • O PS não volta a apresentar candidatura à Mesa até ao fim da Legislatura.
Subscrevo por inteiro estas duas declarações do Presidente do PS-Madeira, Jacinto Serrão.

Sem comentários: