quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Portas não garante abstenção na votação final do Orçamento do Estado

O líder do CDS-PP, Paulo Portas, assegurou hoje que “tudo” fará para manter a abstenção na votação final global do Orçamento do Estado, mas colocou como condição a discussão "séria" do Programa de Estabilidade e Crescimento, o debate do Orçamento na especialidade e a eventual nomeação do novo governador do Banco de Portugal.

Sem comentários: