Coelho suspenso ilegalmente!

José Manuel Coelho suspenso pela ALM

Deputado exibiu bandeira nazi no plenário e acusou Jardim de o ter mandado matar
Suspensão, queixa no Ministério Público e levantamento da imunidade parlamentar. Foram estas as decisões da ALM, em relação ao deputado o PND, José Mnauel Coelho que, esta manhã, exibiu uma bandeira nazi no plenário e pretendeu entregá-la a Jaime Ramos. A discussão das propostas de revisão do regimento, apresentadas pelo PSD, CDS, PCP e BE acabou em grande confusão, depois da intervenção do deputado do PND.Coelho, que no início dos trabalhos distribuiu cravos vermelhos pelos deputados, começou por acusar Alberto João Jardim de o ter mandado matar, no período pós-25 de Abril. Depois, acusou a maioria de estar a transformar a Madeira numa "ditadura nazi-fascista" e abriu a bandeira com a cruz suástica que foi símbolo do regime de Hitler. Tentou entregá-la a Jaime Ramos mas não conseguiu porque o PSD abandonou a sala e Miguel Mendonça suspendeu os trabalhos. Fora do hemiciclo foram vários os deputados, de todos os partidos, que não pouparam Coelho a duras críticas. Na galeria estavam dois elementos do PND que também foram alvo de 'bocas' que só não foram mais longe porque também houve quem apelasse à calma. No regresso ao plenário, Miguel Mendonça garantiu que iria agir contra o deputado do PND, mas o PSD antecipou-se e fez aprovar o requerimento que suspende José Manuel Coelho e lhe retira a imundiade. A exibição de símbolos nazis é crime punível por lei. O plenário previsto para esta tarde foi cancelado.
Jorge Freitas Sousa IN DN

Comentários

amsf disse…
Parece-me que a Constituição portuguesa não proíbe a exibição de símbolos nazis mas apenas a constituição de organizações de carácter racista ou fascista! E neste caso concreto não me parece que o referido deputado estivesse a fazer a apologia do nazismo mas a chamar o grupo parlamentar do PSD/M de fascistas por sistematicamente tentarem calar a voz da oposição através da revisão sistemática do regimento!
Porra Cavaco Silva deve andar a dormir para ver tudo isto na ALM e nunca mexer um dedo! Se amanhã fossem as eleições presidenciais, votaria em qualquer um menos no Cavaco!

Eu admiro é a valentia do coelho, apesar de ter quem o oriente, é ele que dá o corpo ao manifesto e não são muitos que se atrevam a fazer o que ele faz...
Sócrates diz que Madeira sai beneficiada com pagamento de 256 ME de dívidas às empresas:

Lisboa, 05 Nov (Lusa) – O primeiro-ministro, José Sócrates, destacou hoje que a Madeira sai beneficiada com o programa de pagamento das dívidas do Estado às empresas, frisando que o valor da dívida daquela região é de 256 milhões de euros.

“Há uma região beneficiada com este pagamento. São 256 milhões de euros e o senhor tem o descaramento de dizer que eu trato mal a Madeira. Apenas porque o Estado decidiu financiar o cumprimento das dívidas que a região autónoma da Madeira tinha”, disse José Sócrates.

O primeiro-ministro referia-se ao programa aprovado em conselho de ministros no domingo, segundo o qual o Governo irá pagar nos próximos três meses 1200 milhões de euros de dívidas da administração central e, "a curto prazo", 1250 milhões de euros de dívidas da administração regional e local às empresas.

Sócrates respondia ao deputado do PSD Hugo Velosa que tinha acusado José Sócrates de “tratar a Madeira de forma sectária”.

“A região autónoma recebe por ano menos 200 milhões de euros [de transferências orçamentais]. O que é uma discriminação clara. Quando é que deixa de tratar a Madeira de forma sectária e como secretário-geral do PS e a passa a tratar como primeiro-ministro?”, questionou o deputado social-democrata.

No debate do Orçamento do Estado para 2009, José Sócrates rejeitou que a Região Autónoma da Madeira esteja a ser prejudicada, desafiando o PSD a dizer “qual é o artigo da lei de finanças regionais que não está a ser cumprido” e a olhar para “os discursos e palavras usadas” na Madeira para atingir os adversários.

“Se o senhor deputado olhasse para os métodos, as interjeições e os discursos e as palavras usadas na Região Autónoma da Madeira para atacar os adversários políticos, isso é que empobrece a democracia”, considerou José Sócrates.

Fonte: LUSA
Scherzan disse…
Alexandro, também não fez mais que o dever dele!
Anónimo disse…
eu acho que o ps-m e o seu independente devem continuar amigos dos meninos ricos do PND-M...

o sucesso está garantido... para o psd.
amsf disse…
Afinal as eminências pardas do PND-Madeira não se limitam a ser manipuladores do Coelho! O Baltazar hoje deu a cara! Por desconhecer o desfecho "policial" do protesto não sei se este ano o rei mago Baltazar fará parte das lapinhas madeirenses!
Anónimo disse…
os meninos ricos do pnd-m já prejudicaram o ps-m.

agora vão envergonhar a madeira actual.
Luis Miguel disse…
Há Tribunais para resolver estes assuntos. Vergonhoso é querer fazer justiça por mãos próprias.

Esteve o Coelho mal? Esteve. Péssimo gosto para passar a sua mensagem válida. Desonrou todas as vítimas do regime nazi.

Esteva a ALR mal? Esteve. Não só calçou a bota do PDN, como comportou-se exactamente como o Coelho dizia: com prepotência, arrogância e pondo todas os normativos legais para um canto para satisfazer a sede de vingança de uma maioria laranja.

Dia negro para a Madeira e todos os Madeirenses.

Mensagens populares deste blogue

"QUANDO A DITADURA É UM FACTO A REVOLUÇÃO É UM DEVER"...AMADEU PRADO

A IGNORÂNCIA ATREVIDA DE JAIME RAMOS