quarta-feira, 12 de novembro de 2008

'Quinta-feira negra' na Madeira


Ministério Público já está a investigar


Ministério Público já tem dois inquéritos em curso para averiguar os acontecimentos relacionados com o deputado do PND, José Manuel Coelho, que foi impedido de entrar no hemiciclo madeirense.


Expresso, Sara Moura, na Madeira


O Ministério Público (MP) da Madeira já está a investigar os incidentes relacionados com o deputado do Partido Nova Democracia (PND), José Manuel Coelho, que foi impedido na semana passada de entrar na Assembleia Regional da Madeira na passada quinta-feira, por seguranças privados.
O Expresso apurou que estão em curso dois inquéritos para averiguar se existem ou não indícios e provas de crime, na sequência dos acontecimentos daquela que já é conhecida como a 'quinta-feira negra'.
Luís Barateiro Afonso, procurador-coordenador do MP na Madeira, confirma que o processo já está a decorrer. "O Ministério Público deu início a dois inquéritos relativos aos acontecimentos que se passaram na Assembleia e que envolveram o deputado [José Manuel Coelho]", disse, explicando que quando há notícias de crime é instaurado um inquérito para saber se existem ou não indícios de crime.
Só depois destas diligências é que o MP irá concluir se há matéria ou não para fazer a acusação.

Sem comentários: