sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

DUPLA PERSONALIDADE ....

CORAJOSO EM RELAÇÃO AO PÚBLICO MAS EM RELAÇÃO AO DIÁRIO NOTÍCIAS NÃO DESMENTEM...

ULTRAPERIFERIAS:

A insistência na mentira
Vários órgãos de comunicação social continuam a veicular uma notícia publicada ontem pelo Publico procurando associar a "decaláge" de 4 a 5 m nas imagens transmitidas pelo site da Assembleia Legislativa da Madeira a patéticas atitudes de censura. Um desmentido do Presidente da Assembleia Legislativa foi enviado ontem para o director do jornal em questão mas ainda não foi publicado com o mesmo destaque e incluindo a divulgação na edição online do jornal. Lamentavelmente insiste-se na insinuação, mas o desafio está lançado: qualquer jornalista, partido, deputado, seja lá quem for, que prove quais, como, e quais as imagens que foram ou venham a ser manipuladas ou censuradas, apontando factos concretos e não fabricando factos apenas com base em conversas da treta de alguns políticos da oposição. Ao que me consta (e não só a mim...), o principal queixoso desta decisão - e não estou a dizer se concordo ou não com ela mas a partir do momento em que foi tomada não tenho comentários a fazer - tem sido o PND, vá lá saber-se porquê?!
LFM - CONFIRMOU AO DIÁRIO DE NOTÍCIAS A CENSURA DAS IMÁGENS NA ALRAM....
QUANTO ÀS "conversas da treta de alguns políticos da oposição"... DIZEM TUDO EM RELAÇÃO À IMPARCIALIDADE QUE DEVE COLOCAR NAS SUAS FUNÇÕES ENQUANTO CHEFE DE GABINETE ...

4 comentários:

Anónimo disse...

O presidente da assembleia, dr. Miguel Mendonça, de que o sr Malheiro é chefe, confirmou e assumiu na RDP/Madeira a responasabilidadae por essa "décalage de cinco minutos" para poder censurar as cenas do sr Coelho. Afinal quem mente quantos dentes tem na boca?

Alexandro Pestana - www.miradouro.pt disse...

No meu diccionário... serviços forenses é algo que costuma ser dito quando se está a analisar mortos... isto quer dizer que Guilherme Silva há muitos anos anda a receber, pra não dizer mamar, para estudar a morte anunciada da democracia madeirense hahaha

Anónimo disse...

Mas quem é que confia agora em Luis Filipe Malheiro?

Anónimo disse...

Há muito que esse Malheiro fez-se passar por pessoa idónea, independente e honesta. Até se dava ao luxo de mandar umas bocas para o PSD como comentador da RTP-Madeira. Como também aí ficou mal no retrato abandonou os confrontos como o Tolentino por ordem do chefe para dedicar-se exclusivamente ao seu papel de manipulador da nossa comunciação social. Mas também nisso está a cair em descrédito porque os jornalistas já perceberam que estavam a ser utilizados, como aconteceu no caso da UMa (para meter um cavaquista em reitor), no caso do Coelho e agora na censura que faz ao parlamento online.